Porto Alegre, sexta-feira, 29 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 29 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Seleção Brasileira

- Publicada em 16h03min, 29/01/2021.

De contrato renovado, Pia convoca seleção feminina para torneio nos EUA

Treinadora sueca permanecerá no comando da seleção feminina pelo menos até 2024

Treinadora sueca permanecerá no comando da seleção feminina pelo menos até 2024


LUCAS FIGUEIREDO/CBF/JC
A técnica Pia Sundhage permanecerá no Brasil, pelo menos, até 2024. Nesta quinta (28), o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, anunciou a renovação do contrato da sueca até os Jogos de Paris. Além das Olimpíadas de Tóquio, Pia também comandará a seleção feminina na Copa do Mundo de 2023, na Austrália e Nova Zelândia.
A técnica Pia Sundhage permanecerá no Brasil, pelo menos, até 2024. Nesta quinta (28), o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, anunciou a renovação do contrato da sueca até os Jogos de Paris. Além das Olimpíadas de Tóquio, Pia também comandará a seleção feminina na Copa do Mundo de 2023, na Austrália e Nova Zelândia.
"Estou emocionada. Meu coração bate forte porque é algo muito importante. Apaixonei-me por este País, por sua gente supersimpática, pelo futebol e fico muito feliz", celebrou Pia.
O mandatário da entidade máxima do futebol nacional também celebrou a renovação com a comandante. “Estamos muito satisfeitos com o trabalho que tem sido desenvolvido pela Pia e pela comissão técnica. Os números falam por si. São 72% de aproveitamento. Temos desenvolvido o futebol feminino como um todo. As competições têm crescido e as comissões têm tido a oportunidade de conhecer novas atletas e desenvolver talentos", disse Caboclo.
Após o anúncio, a treinadora anunciou a convocação da seleção feminina para o She Believes, torneio amistoso que será disputado entre 15 e 24 de fevereiro em Orlando, nos Estados Unidos. Além das anfitriãs, atuais bicampeãs mundiais, as brasileiras terão pela frente o Canadá e a Argentina. A competição é preparatória para os Jogos de Tóquio.
Entre as 25 atletas chamadas pela sueca, a novidade é jogadora Ivana Fuso, do Manchester United, da Inglaterra. Nascida em Salvador e criada na Alemanha, a meia de 19 anos defendeu a seleção europeia na base e vestirá a camisa brasileira pela primeira vez.
A estreia brasileira no She Believes será em 18 de fevereiro contra a Argentina, às 18h (horário de Brasília). No dia 21, às 17h, as adversárias serão as donas da casa. A campanha no torneio chega ao fim no dia 24, às 18h, diante do Canadá. As partidas serão realizadas no Explora Stadium, em Orlando.
A expectativa maior é pelo duelo com as norte-americanas, que chegaram ao quarto título mundial - o segundo consecutivo - em 2019, na França. A seleção da meio-campista Megan Rapinoe não perde um jogo há dois anos e ostenta uma invencibilidade de 33 partidas, com 30 vitórias - sete delas na última Copa - e três empates.
"Serão três jogos bem diferentes, que nos ensinarão muito. Enfrentaremos as campeãs do mundo, então podemos ver o quão boa estamos. Teremos respostas, saberemos no que trabalhar. É sempre empolgante enfrentar os melhores e elas são as melhores. Temos feito nossa lição de casa, assistido aos adversários. Ainda teremos alguns meses [até a Olimpíada de Tóquio] e tenho muita fé neste time. Temos jogadoras experientes e outras mais jovens, que trazem um frescor", comentou Pia.

Lista de convocadas Seleção Feminina

Goleiras: Bárbara (Avaí/Kindermann), Aline Reis (Tenerife, da Espanha) e Lelê (Benfica, de Portugal);
Defensoras: Fabi Simões (Inter), Bruna Benites (Inter), Tamires (Corinthians), Camilinha (Palmeiras), Tainara (Palmeiras), Rafaelle (Changchun Dazhong, da China), Jucinara (Levante, da Espanha) e Antonia (Madrid, da Espanha);
Meio-campistas: Formiga (PSG, da França), Luana (PSG), Andressinha (Corinthians), Adriana (Corinthians), Júlia Bianchi (Palmeiras), Chú (Palmeiras), Andressa Alves (Roma, da Itália), Marta (Orlando Pride, dos EUA) e Ivana Fuso (Manchester United, da Inglaterra);
Atacantes: Ludmila (Atlético de Madri, da Espanha), Debinha (North Carolina Courage, dos EUA), Bia Zaneratto (Wuhan Xinjiyuan, da China), Cristiane (Santos) e Giovana (Barcelona, da Espanha).
Comentários CORRIGIR TEXTO