Porto Alegre, quarta-feira, 13 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 13 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Esportes

- Publicada em 03h00min, 13/01/2021.

Notas Esportivas

  • Libertadores - Nesta quarta-feira (13), será conhecido o segundo finalista do torneio continental. Às 19h25min, na Vila Belmiro, o Santos encara o Boca Juniors. Na semana passada, em Buenos Aires, brasileiros e argentinos empataram sem gols na Bombonera.
  • Libertadores 2 - A final única da edição 2020 será disputada às 17h, do dia 30 de janeiro, no Maracanã, no Rio de Janeiro. O anúncio foi feito pela Conmebol, que confirmou a ausência de público e o cumprimento rígido dos protocolos sanitários para o coronavírus.
  • Sul-Americana - Pelo confronto de volta das semifinais, nesta quarta-feira, será definido o primeiro finalista da competição. Às 21h30min, no confronto de argentinos, em La Fortaleza, o Lanús enfrenta o Vélez Sarsfield. Na primeira partida, o Lanús venceu por 1 a 0.
  • Série B - Fechando a 34ª rodada, hoje, se enfrentam Avaí x Vitória (19h) e Cruzeiro x Oeste (21h30min).
  • Série C - Pela primeira vez na história, o Brusque irá disputar o Campeonato Brasileiro da Série B no formato atual. Campeão em 2019 da Série D, o time catarinense garantiu a vaga na Série B na temporada 2021 ao vencer o Ituano por 4 a 2, na segunda-feira
  • Fórmula 1 - A categoria divulgou o calendário atualizado da temporada 2021 com alterações em relação roteiro original. Em vez de a temporada começar na Austrália, em 21 de março, terá início uma semana depois com o GP do Bahrein. Já o GP de São Paulo será no dia 7 de novembro, uma semana antes do previsto. A organização manteve as 23 provas.
  • Paralímpico - Aos 32 anos, o nadador Daniel Dias anunciou que se aposentará após a disputa dos Jogos de Tóquio. Principal medalhista do Brasil, ele soma 24 pódios em Paralimpíadas, com 14 ouros. No Japão, Daniel deve disputar cinco provas para aumentar esse número.
Comentários CORRIGIR TEXTO