Porto Alegre, sábado, 09 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 09 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Fórmula 1

- Publicada em 18h40min, 09/01/2021.

Hamilton defende atuação de Bottas: "Não é fácil ser meu companheiro de equipe"

Na temporada passada, Bottas venceu dois GPs, subiu 11 vezes no pódio e fez cinco poles

Na temporada passada, Bottas venceu dois GPs, subiu 11 vezes no pódio e fez cinco poles


KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP/JC
Lewis Hamilton elogiou Valtteri Bottas, seu companheiro na equipe Mercedes, sem evitar uma certa dose de vaidade. "Não é fácil ser meu companheiro de equipe, sabe?", disse o sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 em entrevista ao site oficial da principal categoria do automobilismo.
Lewis Hamilton elogiou Valtteri Bottas, seu companheiro na equipe Mercedes, sem evitar uma certa dose de vaidade. "Não é fácil ser meu companheiro de equipe, sabe?", disse o sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 em entrevista ao site oficial da principal categoria do automobilismo.
Perguntado sobre a larga vantagem que teve sobre o finlandês ao final da temporada do ano passado (124 pontos), Hamilton preferiu destacar o trabalho feito por Bottas nos finais de semana das corridas.
"É preciso dar a Valtteri o devido respeito, acho que é preciso lembrar contra quem ele está lutando. Ele chega todo fim de semana com a mesma mentalidade, ele nunca reclama. Se tem alguma coisa errada com o carro, ele sempre diz: 'tenho que fazer um trabalho melhor', e não conheço nenhum piloto que faz isso. Acho que isso é algo que temos em comum: chegamos no fim de semana com uma cabeça nova e acho que mentalmente ele é um dos pilotos mais fortes", disse Hamilton, que ainda não tem contrato para a disputa da atual temporada.
Em 2020, Bottas obteve duas vitórias, 11 pódios e cinco poles, um desempenho inferior ao de 2019, mas Hamilton viu evolução no finlandês. "Acho que Valtteri está a cada ano mais forte. Se você olhar os resultados dos treinos, a diferença de resultado foi menor. Foi bastante desafiador fechar as classificações. Minha consistência fez a diferença, mas estivemos muito perto se for feita uma análise de todo o fim de semana", concluiu.
A temporada 2021 da F-1 está prevista para ter início em 21 de março, na Austrália, mas a prova corre o risco de adiamento por causa da pandemia. Este ano, a FIA aprovou 23 corridas, com o GP de São Paulo, em Interlagos, programado para 14 de novembro. O último GP será em Abu Dhabi, em 5 de dezembro.
Comentários CORRIGIR TEXTO