Porto Alegre, terça-feira, 24 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 24 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Liga dos Campeões

- Publicada em 18h51min, 24/11/2020.

Recuperado da Covid-19, Casemiro diz ser contra presença da torcida em estádios

Atleta mostrou desânimo com alguns projetos para a volta do público aos estádios da Europa

Atleta mostrou desânimo com alguns projetos para a volta do público aos estádios da Europa


INSTAGRAM/REPRODUÇÃO/JC
Afastado por quase um mês após ter sido infectado pela Covid-19, o volante Casemiro está de volta aos gramados nesta quarta-feira (25) em um duelo decisivo do Real Madrid contra a Inter de Milão, na Itália, pelo Grupo B da Liga dos Campeões da Europa. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os jogos de futebol seguem sem torcida nos estádios. A atual situação sanitária no mundo preocupa o jogador brasileiro.
Afastado por quase um mês após ter sido infectado pela Covid-19, o volante Casemiro está de volta aos gramados nesta quarta-feira (25) em um duelo decisivo do Real Madrid contra a Inter de Milão, na Itália, pelo Grupo B da Liga dos Campeões da Europa. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os jogos de futebol seguem sem torcida nos estádios. A atual situação sanitária no mundo preocupa o jogador brasileiro.
"Tenho certeza de que os torcedores do Real Madrid estão assistindo aos jogos da equipe e torcendo de casa. Sabemos que a situação não parece boa para a volta da torcida nos estádios agora e isso tem que acontecer aos poucos, porque trata-se de um caso complexo e temos que nos cuidar", afirmou Casemiro nesta terça-feira (24), em entrevista ao site da Uefa, mostrando desânimo com alguns projetos para a volta do público aos estádios da Europa, como planejado na Inglaterra.
"Estamos tristes, mas entendemos que o futebol, infelizmente, é jogado assim agora. Nos adaptamos um pouco, mas se pudéssemos escolher, claro, gostaríamos dos torcedores, já que eles são muito importantes para nós", completou o brasileiro.
Por conta da Covid-19, Casemiro ficou de fora de jogos importantes do Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol e pela Liga dos Campeões, e teve de ser cortado da seleção brasileira nos últimos compromissos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 contra Venezuela e Uruguai.
Agora está liberado para entrar em campo contra a Inter de Milão, sabendo que a partida na Itália é decisiva. Com quatro pontos, o Real Madrid está em terceiro lugar no Grupo B. Tem a mesma pontuação do Shakhtar Donetsk, mas fica atrás nos critérios de desempate. O líder, de forma surpreendente, é o Borussia Mönchengladbach, da Alemanha, com cinco, e o time italiano está na lanterna com dois.
"No Real Madrid todos respiramos a Champions e todos a vivemos para ganhar. Sabemos que é um grupo difícil. O Shakhtar tem jogadores brasileiros de grande qualidade. O Borrssia tem estado muito bem na Alemanha, com um treinador que tem ideias muito claras. E a Inter é uma grande equipe, com uma tradição forte e um treinador com uma visão muito clara do jogo", comentou Casemiro.
Comentários CORRIGIR TEXTO