Porto Alegre, quarta-feira, 18 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 18 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Seleção Brasileira

- Publicada em 18h07min, 18/11/2020.

Richarlison dedica gol e vitória do Brasil ao Amapá e cobra autoridades

Atacante pediu atenção para os 90% da população que vêm sofrendo sem energia elétrica

Atacante pediu atenção para os 90% da população que vêm sofrendo sem energia elétrica


RAUL MARTINEZ/AFP/JC
Autor do segundo gol da seleção brasileira na vitória sobre o Uruguai, por 2 a 0, na noite de terça-feira (17), Richarlison dedicou o triunfo à população do Amapá, em publicação no Twitter, e cobrou ações das autoridades durante entrevista virtual.
Autor do segundo gol da seleção brasileira na vitória sobre o Uruguai, por 2 a 0, na noite de terça-feira (17), Richarlison dedicou o triunfo à população do Amapá, em publicação no Twitter, e cobrou ações das autoridades durante entrevista virtual.
"Infelizmente o povo do Amapá não vai poder ver meu gol hoje (terça) pq não tem luz há DUAS SEMANAS. Estão vivendo dias muito difíceis e espero que resolvam isso logo. Queria dedicar o gol e a vitória de hoje a todos os amapaenses", escreveu o jogador, nascido no Espírito Santo.
Na zona mista virtual promovida pela CBF, o atacante também cobrou as autoridades: "Como cidadão brasileiro, peço que as autoridades se pronunciem, tomem uma decisão logo, o povo está sofrendo, e eles poderiam dar uma atenção a mais. Que eles possam olhar com carinho para o povo de lá, são cidadãos de bem, estão querendo o melhor para eles, para os filhos deles. Imposto está caro, pagando a comida caro, e o povo sofrendo. Espero que possam tomar as providências logo."
O estado do Amapá está afetado pela falta de energia desde 3 de novembro. Naquele dia, houve um incêndio nos transformadores de uma subestação de distribuição de energia da capital Macapá, nas instalações da empresa Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), a concessionária do serviço energético.
O apagão afetou 90% da população do estado (mais de 700 mil pessoas), atingindo ao menos 13 das 16 cidades. O fornecimento foi parcialmente retomado com o conserto de um dos transformadores, mas ainda assim a população está enfrentando um racionamento, com poucas horas de abastecimento disponível durante o dia. Na noite de quarta, o estado registrou um novo apagão. O restabelecimento total do sistema depende da chegada do segundo transformador, o que deve ocorrer no dia 26.
Comentários CORRIGIR TEXTO