Porto Alegre, sábado, 24 de outubro de 2020.
Dia das Nações Unidas - ONU.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 24 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

INTER

- Publicada em 13h24min, 24/10/2020.

Internacional defende invencibilidade em casa e a liderança contra o Flamengo

Às 18h15min de domingo (25), no Beira-Rio, líder recebe atual campeão para confronto direto

Às 18h15min de domingo (25), no Beira-Rio, líder recebe atual campeão para confronto direto


RICARDO DUARTE/INTER/JC
O Internacional tem um belo teste de fogo neste domingo (25). Às 18h15min, no Beira-Rio, recebe o atual campeão Flamengo em duelo que vale a liderança isolada do Brasileirão. Quem ganhar, abre três pontos sobre o segundo colocado. Com os titulares descansados, os gaúchos prometem buscar a vitória.
O Internacional tem um belo teste de fogo neste domingo (25). Às 18h15min, no Beira-Rio, recebe o atual campeão Flamengo em duelo que vale a liderança isolada do Brasileirão. Quem ganhar, abre três pontos sobre o segundo colocado. Com os titulares descansados, os gaúchos prometem buscar a vitória.
Mesmo sem vaga garantida antecipadamente na Libertadores, o técnico Eduardo Coudet resolveu correr o risco diante da Universidad de Chile na rodada final. Ele poupou seus principais nomes para essa "decisão" do Brasileirão. Acabou apenas com a segunda colocação da chave. Caso ganhasse dos chilenos, o time poderia ter avançado em primeiro e escapado do duro confronto frente o Boca Juniors nas oitavas de final.
Ganhar o Brasileirão pela primeira vez na era dos pontos corridos é o objetivo. O Inter não ergue a taça nacional desde 1979 e quer acabar com o jejum nesta temporada.
Por isso, Coudet vem tomando todas as precauções com o Flamengo. Ciente da força dos cariocas, não quer ser ultrapassado, pois sabe que seria bem difícil buscá-los. Ambos estão com 34 pontos na tabela.
Um empate já garantiria a manutenção do primeiro lugar. Mesmo assim, a ordem é atacar. Dos 24 pontos disputados no Beira-Rio, o Inter somou 20, provenientes de seis vitórias e dois empates.
Mesmo ciente da força carioca, a meta é mostrar a força colorada. "Vai ser um jogo muito bom, de duas equipes que jogam bonito, gostam de propor o jogo. Tomara que consigamos uma vitória importante, para seguirmos fazendo bom papel no campeonato", avalia o meia D'Alessandro.
O meia argentino pode ser novidade do time na armação das jogadas. Boschilia está machucado, e D'Alessandro entraria para ser uma alternativa na manutenção da posse de bola.
O técnico Eduardo Coudet não terá o zagueiro argentino Victor Cuesta, suspenso. Rodrigo Moledo deve formar dupla com Zé Gabriel. Na direita, recuperado de lesão, Heitor deve ser o lateral. Ele vinha de três assistências para gol até sentir dores antes do intervalo diante do Vasco.
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Rodrigo Moledo e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick e Praxedes (D'Alessandro); Abel Hernandez e Thiago Galhardo
Técnico - Eduardo Coudet
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO