Porto Alegre, quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Dia do Professor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 12h36min, 15/10/2020. Atualizada em 12h37min, 15/10/2020.

Miguel Ramírez, Gabriel Heinze e Abel Braga são cotados para cargo de Luxemburgo

Abel é um dos nomes especulados pela direção palmeirense

Abel é um dos nomes especulados pela direção palmeirense


MAURO PIMENTEL/AFP/JC
A diretoria do Palmeiras inicia nesta quinta-feira a busca por um novo treinador. O clube demitiu Vanderlei Luxemburgo, após a derrota por 3 a 1 para o Coritiba, na última quarta-feira (14), e agora procura definir seu novo comandante tendo como único objetivo não errar. Nomes como Miguel Ángel Ramírez, Gabriel Heinze e Abel Braga são comentados.
A diretoria do Palmeiras inicia nesta quinta-feira a busca por um novo treinador. O clube demitiu Vanderlei Luxemburgo, após a derrota por 3 a 1 para o Coritiba, na última quarta-feira (14), e agora procura definir seu novo comandante tendo como único objetivo não errar. Nomes como Miguel Ángel Ramírez, Gabriel Heinze e Abel Braga são comentados.
A ideia do presidente Mauricio Galiotte é contratar alguém que já tenha um currículo de peso. Por isso, aposta em treinadores que ainda buscam um espaço está descartada, por enquanto. Ainda na quarta-feira, após o jogo com o Coritiba, os dirigentes palmeirenses já iniciaram conversas para definir um perfil de treinador. Três nomes ganharam força nas últimas horas nas redes sociais: Ramírez, Heinze e Abel Braga. Galiotte não tem rejeição a contratação de um treinador estrangeiro, mas seu receio é que o profissional chegue com métodos muito diferentes do que o elenco está acostumado e a adaptação leve um certo tempo para acontecer.
Miguel Ángel Ramírez, do Independiente Del Valle, chegou a ser especulado no fim do ano passado, após a demissão de Mano Menezes, mas o Palmeiras não abriu negociações com o treinador. Na época, a diretoria tentou Jorge Sampaoli, hoje o Atlético-MG, e não teve êxito. Assim, contratou Luxemburgo. Gabriel Heinze trabalhou no Vélez Sarsfield de 2017 até março deste ano. Está sem clube e seu nome é o mais comentado entre os torcedores nas redes sociais. Por enquanto, o argentino é apenas uma especulação para a diretoria, mas o fato de estar desempregado, pode facilitar uma negociação.
Já Abel Braga é o mais conhecido dos três e se encaixa no estilo que Galiottte gosta, que é de treinador mais experiente. Vale lembrar que antes de Luxa, o presidente palmeirense já havia contratado Mano Menezes e Felipão. Tiago Nunes, que deixou recentemente o Corinthians, é outro nome especulado, mas com menos força.
Assim como foi na contratação de contratação de Luxemburgo, a diretoria não tem um nome que seja unanimidade e viável para contratação. Por isso, não descartam demorar alguns dias para contratar um novo técnico. Enquanto isso, o auxiliar-técnico Andrey Lopes é quem vai comandar a equipe.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO