Porto Alegre, quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 14 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21h12min, 13/10/2020.

A dois pontos da Z-4, Grêmio precisa vencer o Botafogo, na Arena

Em uma longa coletiva, Bolzan cobrou reação do grupo gremista no Brasileirão

Em uma longa coletiva, Bolzan cobrou reação do grupo gremista no Brasileirão


/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
O Grêmio precisa de uma boa sequência de vitórias para retomar a confiança e devolver a autoestima ao grupo de jogadores. Sem conseguir sequer uma dobradinha de triunfos no Brasileirão, o time de Renato Portaluppi recebe o Botafogo, nesta quarta-feira (14), às 19h15min, na Arena. A principal dúvida está na defesa. Recuperados da Covid-19, Geromel e Kannemann passarão por testes para saber se têm condições de atuar. Jean Pyerre segue sendo a ausência.
O Grêmio precisa de uma boa sequência de vitórias para retomar a confiança e devolver a autoestima ao grupo de jogadores. Sem conseguir sequer uma dobradinha de triunfos no Brasileirão, o time de Renato Portaluppi recebe o Botafogo, nesta quarta-feira (14), às 19h15min, na Arena. A principal dúvida está na defesa. Recuperados da Covid-19, Geromel e Kannemann passarão por testes para saber se têm condições de atuar. Jean Pyerre segue sendo a ausência.
Caso a dupla titular não atue, o Tricolor irá a campo com uma formação bem jovem, com Rodrigues e Ruan. Paulo Miranda tem uma lesão muscular e David Braz foi expulso na derrota para o Santos, no domingo (11). A tendência é de que Geromel volte, já o argentino não é certo. Os outros retornos são de Alisson e Matheus Henrique. Com isso o Grêmio deve ter Vanderlei; Orejuela, Geromel (Rodrigues), Kannemann (Rodrigues ou Ruan) e Cortez; Lucas Silva, Matheus Henrique e Robinho (Maicon); Alisson, Pepê e Diego Souza.
Nesta terça-feira (13), o presidente Romildo Bolzan Júnior concedeu uma entrevista ao canal oficial do clube. Ele cobrou reação da equipe e afirmou que o mesmo técnico que hoje está sendo questionado é o que trouxe ao clube as conquistas nos últimos anos. "Temos que reagir. Essa história de que nos conforta essa posição, de altos e baixos, ganha, perde, empata, não atende à necessidade do Grêmio. A minha indignação é a de todos", disse.
Comentários CORRIGIR TEXTO