Porto Alegre, sábado, 10 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 10 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

fórmula 1

- Publicada em 16h00min, 10/10/2020. Atualizada em 16h01min, 10/10/2020.

Bottas supera Hamilton no fim, quebra recorde e crava a pole para o GP de Eifel

Bottas conquistou a sua terceira pole no ano, a 14ª carreira, e ampliou a soberania da Mercedes

Bottas conquistou a sua terceira pole no ano, a 14ª carreira, e ampliou a soberania da Mercedes


Bryn Lennon/POOL/AFP/JC
Valtteri Bottas superou seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, e cravou a pole para o GP de Eifel. O finlandês cresceu no fim da sessão classificatória neste sábado, quando fez um volta perfeita para desbancar o britânico e, de quebra, quebrar o recorde do tradicional circuito de Nurburgring, na Alemanha.
Valtteri Bottas superou seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, e cravou a pole para o GP de Eifel. O finlandês cresceu no fim da sessão classificatória neste sábado, quando fez um volta perfeita para desbancar o britânico e, de quebra, quebrar o recorde do tradicional circuito de Nurburgring, na Alemanha.
Bottas registrou o tempo de 1min25s269 e foi 0s256 mais veloz que Hamilton, que vai largar em segundo e busca no GP de Eifel igualar o recorde de 91 vitórias de Michael Schumacher. A dupla da Mercedes chegou a ficar atrás de Verstappen, mas os dois superaram o holandês da Red Bull na última tentativa do Q3.
Bottas conquistou a sua terceira pole no ano, a 14ª carreira, e ampliou a soberania da Mercedes nesta temporada. Os pilotos da escuderia alemã foram os únicos a faturar a posição mais privilegiada do grid de largada nos 11 sessões de classificação em 2020. Além das três do finlandês, Hamilton levou as outras oito poles.
"É uma sensação muito boa quando você acerta tudo na última volta. Foi complicado hoje com o treino curto para fazer os pneus aquecerem", analisou o finlandês, que persegue a sua terceira vitória em 2020. Ele foi o vencedor da última prova, na Rússia.
Batido por Bottas e Hamilton, Verstappen marcou 1min25s562 e vai largar em terceiro, à frente de Charles Leclerc. O monegasco superou as limitações da Ferrari, que tem decepcionado nesta temporada, e conseguiu ter uma excelente performance no treino para ficar em quarto lugar no grid, com a marca de 1min26s035, 0s012 mais rápido que o tailandês Alexander Albon, da Red Bull, o quinto colocado.
A Renault colocou seus pilotos na sexta e sétima colocações, com o australiano Daniel Ricciardo à frente do francês Esteban Ocon. A McLaren viu o jovem Lando Norris ficar com o oitavo posto e o espanhol Carlos Sainz Jr fechar o top 10. Entre eles ficou o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point.
Chamado às pressas pela Racing Point para substituir o canadense Lance Stroll, que teve um mal-estar na noite de sexta, ficou fora das duas atividades neste sábado e não vai correr no domingo, Nico Hulkenberg ficou em último lugar no grid, mas foi elogiado pelos engenheiros no rádio. Há pouco tempo, o alemão já havia substituído Pérez, único dos 20 pilotos a ter contraído a covid-19 por enquanto.
A atividade não foi atrapalhada pela neblina, responsável por cancelar os dois primeiros treinos livres da sexta-feira, mas a temperatura continuou baixa. Os termômetros em Nürburg marcaram nove graus. Não há previsão de chuva durante a prova, no domingo.
A largada para o GP de Eifel, no circuito de Nurburgring, na Alemanha, a 11ª etapa da temporada 2020 da Fórmula 1, está prevista para as 9h10 deste domingo.

Confira o grid de largada do GP de Eifel:

  1. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min25s269
  2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) - 1min25s525
  3. Max Verstappen (HOL/Red Bull) - 1min25s562
  4. Charles Leclerc (MON/Ferrari - 1min26s035
  5. Alexander Albon (TAI/Red Bull)) - 1min26s047
  6. Daniel Ricciardo (AUS/Renault - 1min26s223
  7. Esteban Ocon (FRA/Renault) - 1min26s242
  8. Lando Norris (GBR/McLaren) - 1min26s458
  9. Sergio Perez (MEX/Racing Point) - 1min26s704
  10. Carlos Sainz (ESP/McLaren)- 1min26s709
  11. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)- 1min26s738
  12. Pierre Gasly (FRA/Alphatauri) - 1min26s776
  13. Daniil Kvyat (RUS/Alphatauri) - 1min26s848
  14. Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - 1min26s936
  15. Kevin Magnussen (DIN/Haas)- 1min27s125
  16. Romain Grosjean (FRA/Haas)- 1min27s552
  17. George Russell (GBR/Williams)- 1min27s564
  18. Nicholas Latifi (CAN/Williams) - 1min27s812
  19. Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - 1min27s817
  20. Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point) - 1min28s021
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO