Porto Alegre, sexta-feira, 09 de outubro de 2020.
Dia Mundial dos Correios.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 09 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Fórmula 1

- Publicada em 16h44min, 09/10/2020.

Mercedes revela novo caso de Covid-19 em GP da F-1 e isola funcionários

Mercedes confirmou segundo caso no GP de Eifel, no circuito de Nürburgring, na Alemanha

Mercedes confirmou segundo caso no GP de Eifel, no circuito de Nürburgring, na Alemanha


MATTHIAS SCHRADER/POOL/AFP/JC
A Mercedes confirmou, nesta sexta-feira (9), o segundo caso de Covid-19 na equipe durante o GP de Eifel de Fórmula 1, que está sendo realizado no circuito de Nürburgring, na Alemanha. O time alemão disse já ter chamado seis funcionários para substituir os dois infectados e outros quatro afastados, por terem tido contato com os casos positivos.
A Mercedes confirmou, nesta sexta-feira (9), o segundo caso de Covid-19 na equipe durante o GP de Eifel de Fórmula 1, que está sendo realizado no circuito de Nürburgring, na Alemanha. O time alemão disse já ter chamado seis funcionários para substituir os dois infectados e outros quatro afastados, por terem tido contato com os casos positivos.
O primeiro caso foi confirmado na quinta-feira e fez a Mercedes fazer novos testes em todo o time em Nurburgring. E a nova bateria de exames detectou novo caso positivo e um "inconclusivo", o que exigiu novo teste, cujo resultado ainda não foi divulgado. Todos foram isolados e excluídos do GP deste fim de semana.
"Trabalhamos em estreita colaboração com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA ) e a F-1 durante todo o processo e vamos continuar a agir desta forma", disse a Mercedes, em comunicado, sem revelar o nome dos funcionários infectados com o novo coronavírus.
Para substitui-los, a equipe alemã já convocou seis integrantes do time que estavam na fábrica, em Brackley, na Inglaterra. "Toda perda de um importante membro na garagem afeta a corrida, mas acredito que estamos com a situação controlada por termos mais funcionários em Brackley", disse Toto Wolff, chefe da Mercedes.
De acordo com ele, os pilotos Lewis Hamilton e Valtteri Bottas vêm tendo pouco contato com os demais integrantes da equipe, porque "seria muito crítico para o campeonato se você perde uma ou duas corridas", segundo Wolff.
"Os pilotos são os integrantes da equipe que estão com a vida mais restrita. Com certeza, não é a situação ideal para eles porque precisam viver quase como um eremita", disse o dirigente. "Eles não têm sentado com os engenheiros para conversar, fazem tudo por videoconferência."
No sábado (10), o grid de largada será definido no treino classificatório marcado para as 10h. No domingo (11), a corrida está agendada para as 9h. A previsão é de que a chuva persista ao longo de todo o fim de semana.
Comentários CORRIGIR TEXTO