Porto Alegre, sexta-feira, 11 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 11 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Futebol

- Publicada em 18h31min, 11/09/2020. Atualizada em 19h30min, 11/09/2020.

Marchezan diz que não é momento de analisar torcidas na Arena e no Beira-Rio

Torcidas não entram nos estádios em Porto Alegre e restante do Brasil desde março

Torcidas não entram nos estádios em Porto Alegre e restante do Brasil desde março


MONTAGEM/ARTE/JC sobre fotos grêmio/divulgação/jc e inter/divulgação/jc
Patrícia Comunello
Enquanto no Rio de Janeiro, clubes e entidades ligadas ao futebol discutem a volta do público aos estádios para breve, Porto Alegre deve analisar o tema no futuro, projetou o prefeito Nelson Marchezan Júnior, nesta sexta-fera (11), ao fazer um balanço de seis meses do primeiro caso confirmado de Covid-19 na cidade. O futebol voltou no começo de agosto em estádio na Capital, mas sem a torcida
Enquanto no Rio de Janeiro, clubes e entidades ligadas ao futebol discutem a volta do público aos estádios para breve, Porto Alegre deve analisar o tema no futuro, projetou o prefeito Nelson Marchezan Júnior, nesta sexta-fera (11), ao fazer um balanço de seis meses do primeiro caso confirmado de Covid-19 na cidade. O futebol voltou no começo de agosto em estádio na Capital, mas sem a torcida
"Não é o momento de analisar Arena e Beira-Rio", disse Marchezan, referindo-se aos estádios de Grêmio e Inter. Antes de dar a resposta, o prefeito chegou a dizer: "A gente vive cada agonia no seu dia", lembrando que o foco na semana que vem é finalizar a proposta de calendário e conceitos de protocolos para reiniciar algumas atividades de ensino.
O tema foi questionado porque começaram nesta sexta-feira os eventos-teste para um planejamento de retomada de setores parados desde março. O primeiro foi da simulação de uma feira na Fiergs e outro será de um show no auditório Araújo Vianna, no domingo (13), do cantor Serginho Moah.
A volta das atividades em escolas é outro tópico na prioridade de reativar o que ainda não voltou, segundo o prefeito. 
Mas o prefeito deixou no ar um indicativo sobre a pauta dos estádios. "O que não impede que se faça uma análise em breve, se for demanda da sociedade e prioridade", ressaltou. Marchezan ainda lembrou que qualquer movimento deverá observar as medidas mínimas para evitar "aceleração da circulação e de contaminação".
A dupla Grenal conseguiu convencer a prefeitura a voltar aos treinos coletivos no começo de julho, mesmo com a situação da pandemia se agravando - quando foram retomadas as restrições -, após reforçar que as medidas adotadas eram seguras. 
Comentários CORRIGIR TEXTO