Porto Alegre, quarta-feira, 02 de setembro de 2020.
Dia do Repórter Fotográfico.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 02 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Tênis

- Publicada em 19h42min, 02/09/2020.

Serena vence na estreia do US Open e bate recorde; Muguruza e Azarenka avançam

NEW YORK, NEW YORK - SEPTEMBER 01: Serena Williams of the United States serves the ball during her Women's Singles first round match against Kristie Ahn of the United States on Day Two of the 2020 US Open at the USTA Billie Jean King National Tennis Center on September 1, 2020 in the Queens borough of New York City.   Al Bello/Getty Images/AFP

NEW YORK, NEW YORK - SEPTEMBER 01: Serena Williams of the United States serves the ball during her Women's Singles first round match against Kristie Ahn of the United States on Day Two of the 2020 US Open at the USTA Billie Jean King National Tennis Center on September 1, 2020 in the Queens borough of New York City. Al Bello/Getty Images/AFP


Al Bello/Getty Images/AFP/JC
Serena Williams venceu, bateu recorde e voltou a fazer história nesta terça-feira (2). A ex-número 1 do mundo estreou no US Open derrotando com tranquilidade a também americana Kristie Ahn por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. Com o resultado, ela avançou à segunda rodada e se tornou a recordista de vitórias no Grand Slam americano.
Serena Williams venceu, bateu recorde e voltou a fazer história nesta terça-feira (2). A ex-número 1 do mundo estreou no US Open derrotando com tranquilidade a também americana Kristie Ahn por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. Com o resultado, ela avançou à segunda rodada e se tornou a recordista de vitórias no Grand Slam americano.
A tenista de 38 anos soma agora 102 triunfos na competição, superando as 101 da compatriota Chris Evert. Terceira cabeça de chave, Serena é dona de seis títulos do US Open e busca alcançar a marca de 24 títulos de Grand Slam em Nova York para igualar o recorde da australiana Margareth Court.
Atual número oito do mundo, Serena vai enfrentar na sequência a russa Margarita Gasparyan, que avançou na chave ao superar a porto-riquenha Monica Puig, campeã olímpica nos Jogos do Rio-2016, por 6/3, 6/7 (0/7) e 6/0.
Na terceira rodada, Serena poderá fazer um duelo local, e de gerações, com Sloane Stephens. Para tanto, ambas precisam vencer seus próximos jogos. Nesta terça, a 26ª cabeça de chave superou a romena Mihaela Buzarnescu por duplo 6/3. Agora terá pela frente a bielo-russa Olga Govortsova, algoz da local Asia Muhammad por 6/1 e 6/2.
Outra americana a vencer na estreia foi Sofia Kenin, campeã do Aberto da Austrália, em janeiro. A segunda cabeça de chave arrasou a belga Yanina Wickmayer por duplo 6/2. Na sequência, ela vai duelar com a canadense Leylah Annie Fernandez, que despachou a veterana russa Vera Zvonareva por 6/4 e 7/5.
Dona de dois títulos de Grand Slam, a espanhola Garbiñe Muguruza estreou derrotando a japonesa Nao Hibino por duplo 6/4. Na segunda rodada, ela vai encarar a búlgara Tsvetana Pironkova.
Outra campeã de Grand Slam a avançar na estreia foi Victoria Azarenka. No embalo do título do Torneio de Cincinnati, no sábado, a bielo-russa bateu a austríaca Barbara Haas por 6/1 e 6/2. Ela fará um clássico da Bielo-Rússia na segunda rodada contra Aryna Sabalenka, quinta cabeça de chave, que eliminou na estreia a francesa Oceane Dodin por 7/6 (7/1) e 6/4.
Já a veterana Venus Williams caiu de forma precoce em Nova York. A tenista de 40 anos foi derrotada pela checa Karolina Muchova (20ª pré-classificada) por 6/3 e 7/5.
Outras cabeças de chave a vencer na estreia foram as locais Madison Keys (7ª) e Amanda Anisimova (22ª), a britânica Johanna Konta (9ª), a belga Elise Mertens (16ª) e a tunisiana Ons Jabeur (27ª)
Folhapress
Comentários CORRIGIR TEXTO