Porto Alegre, segunda-feira, 31 de agosto de 2020.
Dia do Nutricionista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 31 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Esportes

- Publicada em 20h41min, 30/08/2020.

Notas Esportivas

  • Série C - Ontem, pela 4ª rodada do grupo B, o São José acabou derrotado pelo Volta Redonda, no Passo D'Areia, por 2 a 0.
  • Campeonato Mineiro - O Atlético-MG é campeão, após vencer o Tombense por 1 a 0, ontem, no Mineirão. É o 45º título estadual do Galo, e a primeira conquista do treinador argentino Jorge Sampaoli no Brasil.
  • Lionel Messi - La Liga, responsável pelo Campeonato Espanhol, comunicou ontem que o contrato do craque com o Barcelona segue em vigor e só pode ser rescindido com o pagamento da multa de € 700 milhões (R$ 4,5 bilhões). O anúncio dificulta a pretensão do atleta de romper seu vínculo com o clube catalão. Ontem, Messi foi o único atleta do Barça a não se apresentar para exames médicos e testes de coronavírus.
  • Fórmula 1 - O inglês Lewis Hamilton não teve dificuldades para vencer o GP da Bélgica, disputado ontem no circuito de Spa-Francorchamps. Seu companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas, ficou na segunda colocação, e Max Verstappen (Red Bull Racing) completou o pódio. Com a vitória, o inglês lidera com folgas o Mundial de Pilotos, com 158 pontos. A temporada continua já no próximo domingo, com o GP da Itália, em Monza.
  • Tênis - O sérvio Novak Djokovic e a bielorrussa Victoria Azarenka se tornaram, sábado, campeões do Torneio de Cincinnati, nos EUA. A competição marcou o retorno às quadras para vários tenistas, após a suspensão dos jogos em meio à pandemia.
  • Homenagem - Vários esportistas lembraram neste fim de semana o ator Chadwick Boseman, protagonista do filme Pantera Negra, que morreu na sexta-feira vítima de um câncer de cólon. Nomes como o piloto inglês Lewis Hamilton, o futebolista gabonês Pierre-Emerick Aubameyang e a tenista norte-americana Serena Williams prestaram homenagens ao astro, considerado um ícone para a representatividade negra.
Comentários CORRIGIR TEXTO