Porto Alegre, quinta-feira, 25 de junho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

25/06/2020 - 23h01min. Alterada em 25/06 às 23h29min

CBF e clubes projetam início de Brasileirão para fim de semana de 8 e 9 de agosto

Jogos, sem torcida e com previsão de voltarem em agosto, dependem do aval de autoridades

Jogos, sem torcida e com previsão de voltarem em agosto, dependem do aval de autoridades


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
O Campeonato Brasileiro poderá começar a ser disputado em 9 de agosto. É com essa data-base que a CBF trabalha para iniciar o torneio após realizar uma reunião por videoconferência, nesta quinta-feira (25), com representantes dos 40 times das duas primeiras divisões nacionais - o dia 8 de agosto é a data prevista para a Série B.
O Campeonato Brasileiro poderá começar a ser disputado em 9 de agosto. É com essa data-base que a CBF trabalha para iniciar o torneio após realizar uma reunião por videoconferência, nesta quinta-feira (25), com representantes dos 40 times das duas primeiras divisões nacionais - o dia 8 de agosto é a data prevista para a Série B.
De acordo com a CBF, as datas básicas para o começo das competições foi proposta por Rogério Caboclo, presidente da entidade, recebendo o aval dos clubes participantes ao encontro nesta quinta-feira. A confederação ressalvou que será necessário ter o aval das autoridades de saúde.
Mas diante de algum veto por parte dos municípios, os clubes, com exceção de um dos 20 participantes do Brasileirão, o Athletico Paranaense, aceitariam a possibilidade de mandar seus jogos fora das suas cidades para viabilizar a disputa do torneio em locais onde estejam permitidas a liberação de eventos esportivos.
"O retorno do futebol depende da autorização das autoridades de saúde. Mas, dezenove dos vinte clubes da Série A se dispuseram a jogar fora das suas cidades, em última instância, caso até lá seus municípios não estejam liberados pelas autoridades de saúde a realizar jogos. Foi um sinal de apoio à realização da competição pela CBF", revelou a confederação em nota.
A possibilidade de início do Brasileirão no fim de semana dos dias 8 e 9 de agosto poderá causar um conflito de datas com a disputa dos campeonatos estaduais - até agora, o Carioca foi o único que já recomeçou. Já a volta aos treinos dos clubes do Paulistão será em 1º de julho.
Além disso, certamente o torneio não se encerrará em 2020, com a CBF já avaliando que o torneio só terminaria em fevereiro de 2021. E o calendário ainda prevê a disputa da Copa do Brasil, da Libertadores e da Sul-Americana, competições todas já iniciadas e interrompida em função da pandemia do coronavírus. Inicialmente, o Brasileirão iria começar em 3 de maio.
Comentários