Porto Alegre, quarta-feira, 24 de junho de 2020.
Dia da Indústria Gráfica.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 24 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

futebol

Alterada em 24/06 às 08h28min

Cruzeiro tem novas ações na Fifa e precisa pagar R$ 14,1 milhões até agosto

Pendência pela contratação de Sóbis, ocorrida em 2016, deve ser paga até 15 de julho deste ano

Pendência pela contratação de Sóbis, ocorrida em 2016, deve ser paga até 15 de julho deste ano


BRUNO HADADD/CRUZEIRO/DIVULGAÇÃO/JC
Folhapress
O Cruzeiro recebeu duas novas ordens de pagamento da Fifa. O clube precisa quitar uma dívida de US$ 2.286.840,00 (R$ 11,8 milhões na cotação atual) com o Tigres, do México, pela contratação de Rafael Sóbis e outro débito de 395.619,00 (R$ 2,3 milhões) com o Spartak Moscou, da Rússia, pelo empréstimo de Pedro Rocha. A soma é de R$ 14,1 milhões.
O Cruzeiro recebeu duas novas ordens de pagamento da Fifa. O clube precisa quitar uma dívida de US$ 2.286.840,00 (R$ 11,8 milhões na cotação atual) com o Tigres, do México, pela contratação de Rafael Sóbis e outro débito de 395.619,00 (R$ 2,3 milhões) com o Spartak Moscou, da Rússia, pelo empréstimo de Pedro Rocha. A soma é de R$ 14,1 milhões.
A pendência pela contratação de Sóbis, ocorrida em 2016, deve ser paga até 15 de julho de 2020. O outro valor tem que ser quitado até 6 de agosto deste ano. Em ambos os casos, as penalidades são o impedimento de registro de atletas até que as referidas pendências sejam pagas. De acordo com o próprio clube, nenhum dos casos envolve punições como perda de pontos e tampouco rebaixamento de divisão.
A diretoria explica ainda que tem monitorado de perto as ações na FIFA e mantido diálogo direto com os demais clubes envolvidos. Os mineiros dizem não medir esforços para que todas as pendências sejam resolvidas da melhor forma possível.
Comentários