Porto Alegre, sexta-feira, 19 de junho de 2020.
Dia do Cinema Brasileiro.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 19 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Grêmio

Notícia da edição impressa de 19/06/2020. Alterada em 18/06 às 21h04min

Lateral Victor Ferraz se diz ansioso pela volta do futebol

Lateral ganhou a titularidade na equipe de Renato no início da temporada

Lateral ganhou a titularidade na equipe de Renato no início da temporada


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
O Grêmio segue trabalhando a parte física no CT Luiz Carvalho. Enquanto a bola não volta a rolar e os treinos coletivos não são liberados, o lateral-direito Victor Ferraz, titular do time de Renato Portaluppi até a paralisação em março, tenta segurar a ansiedade para voltar a disputar uma partida. "Gostaria muito de poder voltar a jogar, a gente já está treinando, seguindo todos os protocolos de restrições. Estamos treinando praticamente só a parte física, mas a vontade de voltar a jogar existe. Sabemos que não é só a nossa vontade que tem que prevalecer. Existem pessoas capacitadas para autorizar esse retorno", comentou.
O Grêmio segue trabalhando a parte física no CT Luiz Carvalho. Enquanto a bola não volta a rolar e os treinos coletivos não são liberados, o lateral-direito Victor Ferraz, titular do time de Renato Portaluppi até a paralisação em março, tenta segurar a ansiedade para voltar a disputar uma partida. "Gostaria muito de poder voltar a jogar, a gente já está treinando, seguindo todos os protocolos de restrições. Estamos treinando praticamente só a parte física, mas a vontade de voltar a jogar existe. Sabemos que não é só a nossa vontade que tem que prevalecer. Existem pessoas capacitadas para autorizar esse retorno", comentou.
O momento vivido por todos também foi avaliado pelo jogador. "É um momento triste não só para o futebol, mas em todo o cenário mundial. Delicado para a humanidade, com a perda de muitas pessoas. Muitos seres humanos sofrendo, morrendo e convivendo com muita tristeza, muita gente próxima também", disse. O Tricolor encerra a semana de treinos com uma atividade nesta sexta-feira.
Comentários