Porto Alegre, segunda-feira, 15 de junho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 15 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Futebol gaúcho

Notícia da edição impressa de 15/06/2020. Alterada em 14/06 às 20h50min

Volta do Gauchão fica mais distante

Caxias terá de interromper realização de trabalhos físicos

Caxias terá de interromper realização de trabalhos físicos


SER Caxias/Divulgação/JC
O aumento da preocupação em torno do novo coronavírus no Rio Grande do Sul lançou um ponto de interrogação sobre a retomada do Campeonato Gaúcho. Com a atualização das regras de distanciamento controlado no Estado, o calendário de treinamentos dos clubes fica comprometido - o que faz com que a almejada data de 15 de julho, estabelecida como meta para a volta do Gauchão, pareça cada vez mais difícil de ser cumprida.
O aumento da preocupação em torno do novo coronavírus no Rio Grande do Sul lançou um ponto de interrogação sobre a retomada do Campeonato Gaúcho. Com a atualização das regras de distanciamento controlado no Estado, o calendário de treinamentos dos clubes fica comprometido - o que faz com que a almejada data de 15 de julho, estabelecida como meta para a volta do Gauchão, pareça cada vez mais difícil de ser cumprida.
Os clubes de Caxias do Sul, cidade agora marcada com a bandeira vermelha indicativa de alto risco para Covid-19, sentiram o impacto de forma imediata. A retomada dos treinos do Juventude, agendada para hoje, foi cancelada sem definição de uma nova data. Já o Caxias, que vinha realizando treinos físicos desde a semana passada, terá que interromper a preparação.
A situação da cidade da Serra complica uma das principais estratégias da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), que era de realizar jogos do Gauchão em um número reduzido de sedes. Caxias do Sul era considerada uma escolha natural nesse caso, ao lado de Porto Alegre e da Região Metropolitana.
Outro clube que cancelou o retorno aos treinos é o São Luiz, de Ijuí. Agendada para amanhã, a reapresentação está suspensa, depois do aumento de casos do novo coronavírus no município e no Estado. O clube afirma, em nota, que irá aguardar a confirmação de condições que não coloquem em risco jogadores e colaboradores.
Para a próxima quinta-feira, está agendada uma reunião entre o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, e o governador Eduardo Leite. A reunião ocorreria na última sexta-feira, mas foi adiada pela perspectiva de endurecimento das medidas contra a pandemia no Estado.
Comentários