Porto Alegre, sexta-feira, 12 de junho de 2020.
Dia dos Namorados.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 12 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Inter

Notícia da edição impressa de 12/06/2020. Alterada em 11/06 às 20h41min

Colorado aguarda R$ 7,5 milhões da CBF para alívio nos cofres

Futura venda do zagueiro Bruno Fuchs é uma das grandes apostas da atual diretoria

Futura venda do zagueiro Bruno Fuchs é uma das grandes apostas da atual diretoria


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
A crise financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus segue trazendo dor de cabeça para o Inter. Se reinventado na relação com o associado e buscando novas estratégias no mercado, o clube deve ter um pequeno alívio nas contas nas próximas semanas. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ofereceu uma linha de crédito para os 20 times da Série A do Campeonato Brasileiro. O empréstimo a ser pago futuramente, em suaves parcelas, deve render R$ 7,5 milhões ao Colorado.
A crise financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus segue trazendo dor de cabeça para o Inter. Se reinventado na relação com o associado e buscando novas estratégias no mercado, o clube deve ter um pequeno alívio nas contas nas próximas semanas. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ofereceu uma linha de crédito para os 20 times da Série A do Campeonato Brasileiro. O empréstimo a ser pago futuramente, em suaves parcelas, deve render R$ 7,5 milhões ao Colorado.
A quantia é referente à cota de transmissão da TV. Ao que tudo indica, a CBF irá cobrar jutos módicos, com pagamentos futuros, assim que a crise for amenizada. Ao todo, serão oferecidos cerca de R$ 100 milhões aos clubes. O dinheiro deve auxiliar a direção para quitar folhas de pagamento e fornecedores. O Inter torce para que o mercado europeu se interesse em algum jogador do elenco. Bruno Fuchs e Nonato são as apostas.
Comentários