Porto Alegre, segunda-feira, 08 de junho de 2020.
Dia do Citricultor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 08 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Esportes

Notícia da edição impressa de 08/06/2020. Alterada em 07/06 às 21h10min

Notas Esportivas

  • CBF - A entidade divulgou um Guia Médico de Sugestões Protetivas para o Retorno às Atividades do Futebol Brasileiro. O documento foi elaborado por uma comissão médica especial e seguiu orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde, do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Médica Brasileira (AMB). Quanto à retomada das atividades, a CBF definiu cinco fases: preliminar, de treinamentos individuais ou em pequenos grupos, de treinamentos coletivos, de competições e de acompanhamento.
  • Fifa - Em comunicado oficial, o presidente Gianni Infantino abordou alguns pontos sobre os efeitos da pandemia do coronavírus no futebol. Ele assegurou que o plano de ajuda financeira que beneficiará todo o futebol está em fase final de elaboração. A ideia é apresentar o projeto na próxima reunião do Conselho da Fifa.
  • MMA - Amanda Nunes manteve o cinturão do peso-pena ao vencer por decisão unânime a canadense Felicia Spencer na luta principal do UFC 250, disputado sábado (6) em Las Vegas, nos EUA. Com o triunfo, a brasileira se tornou a primeira mulher a defender títulos em duas divisões diferentes - ela também é detentora do cinturão de peso-galo, defendido em outras cinco lutas.
  • MMA 2 - O lutador Conor McGregor, ex-campeão do UFC, anunciou, neste domingo (7), que vai se aposentar. Essa é a terceira vez que o irlandês diz que irá parar de lutar. Aos 31 anos, o ex-campeão dos pesos pena e leve já havia anunciado sua primeira aposentadoria em abril de 2016. A segunda tentativa de parar aconteceu em março de 2019.
  • Futebol americano - Reche Caldwell, ex-jogador da NFL, que já jogou com Tom Brady, morreu baleado no sábado (7) em Tampa, na Flórida, em uma tentativa de assalto. Caldwell tinha 41 anos e atuou pelo Chargers, Patriots e Redskins.
Comentários