Porto Alegre, quarta-feira, 03 de junho de 2020.
Dia Mundial do Administrador de Pessoal.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 03 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Inter

Notícia da edição impressa de 03/06/2020. Alterada em 02/06 às 20h51min

Patrick quer títulos para coroar trajetória no Colorado

Meia elogiou bastante o trabalho intenso adotado pela comissão técnica argentina

Meia elogiou bastante o trabalho intenso adotado pela comissão técnica argentina


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Um jogador muitas vezes questionado pela torcida, mas que não deixa de se empenhar e se entregar dentro de campo. Assim, o meia Patrick vem conquistando seu espaço no Inter, mesmo com a troca de treinadores. O jogador de 27 anos contou, nesta terça-feira (2), em entrevista ao canal oficial do clube, que a retomada dos treinos em meio à pandemia do coronavírus deixou o grupo ainda melhor fisicamente. Ele também se mostrou ansioso para quando a bola voltar a rolar.
Um jogador muitas vezes questionado pela torcida, mas que não deixa de se empenhar e se entregar dentro de campo. Assim, o meia Patrick vem conquistando seu espaço no Inter, mesmo com a troca de treinadores. O jogador de 27 anos contou, nesta terça-feira (2), em entrevista ao canal oficial do clube, que a retomada dos treinos em meio à pandemia do coronavírus deixou o grupo ainda melhor fisicamente. Ele também se mostrou ansioso para quando a bola voltar a rolar.
Uma das razões para que o Colorado venha treinando ainda mais forte é a cobrança da comissão técnica argentina, liderada pelo técnico Eduardo Coudet. "Os outros treinadores com quem trabalhei tinham o aspecto físico forte, mas não tanto como o atual. Isso tem ajudado a manter o nível lá em cima", revelou.
No Inter desde o início de 2018, Patrick quer marcar sua passagem com conquistas. Recentemente, o meia completou 106 jogos com a camisa colorada, mas ainda não levantou nenhuma taça. "Temos que estar sempre projetando coisas maiores. Temos que trabalhar bastante, já que batemos na trave ano passado. Está faltando um título para coroar essa trajetória", projetou. O Colorado treina hoje (3), na parte da manhã
Comentários