Porto Alegre, terça-feira, 19 de maio de 2020.
Dia Nacional da Defensoria Pública.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 19 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Inter

Notícia da edição impressa de 19/05/2020. Alterada em 18/05 às 20h40min

Eduardo Coudet elogia a condição física de seu grupo

Técnico afirmou que se sente mais seguro no Parque Gigante do que fora do clube

Técnico afirmou que se sente mais seguro no Parque Gigante do que fora do clube


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
O técnico Eduardo Coudet falou, nesta segunda-feira (18), sobre a retomada dos treinamentos e dos protocolos de segurança adotados pelo Inter para a volta ao trabalho em meio à pandemia do novo coronavírus. De acordo com o técnico argentino, a rotina de treinamento é primordial para o bem-estar do atleta, tanto na parte mental, como na parte física. Chacho abordou também a possibilidade de voltar a disputar o Campeonato Gaúcho.
O técnico Eduardo Coudet falou, nesta segunda-feira (18), sobre a retomada dos treinamentos e dos protocolos de segurança adotados pelo Inter para a volta ao trabalho em meio à pandemia do novo coronavírus. De acordo com o técnico argentino, a rotina de treinamento é primordial para o bem-estar do atleta, tanto na parte mental, como na parte física. Chacho abordou também a possibilidade de voltar a disputar o Campeonato Gaúcho.
Coudet disse que ficou bastante surpreso com a forma física que os jogadores se apresentaram depois de quase dois meses sem treinar. "Para a gente e para os jogadores, os treinos são muito importantes. Nos ajuda a relaxar a mente ter contato com a grama, ao ar livre, com a bola. Certamente, falta bastante para a retomada da temporada, mas essa preparação nos ajuda e muito para ficarmos cada vez mais fortes", disse.
Ele falou também sobre o entrosamento dos atletas. "O grupo está cada vez mais forte, a gente já se conhece, os jogadores sabem a forma de trabalhar e a intenção que temos de trabalhar. Eles já sabem que nos preparamos para jogar de uma forma. Nos deparamos com um grupo com a parte física muito melhor que na volta das férias", revelou.
Em relação ao retorno do Gauchão, primeira competição que pode voltar a ser disputada, Coudet acredita que trabalhar com uma data facilita o lado anímico do grupo e da comissão técnica. "Ter uma data mais ou menos certa ajuda muito a cabeça. Ajuda a nossa preparação e os jogadores terem um objetivo. Serve também como um incentivo, por mais que falte um tempo, para nos prepararmos de uma maneira ainda melhor. Eles estão com muita gana de voltar", disse.
A forma segura adotada pela diretoria do clube foi elogiada pelo treinador. "Me sinto mais seguro aqui dentro do que em qualquer atividade cotidiana, como ir ao supermercado. Se tem um lugar que a gente se sente mais seguro para evitar o contágio, é aqui, com os cuidados de saúde que estão tomando", encerrou.
Comentários