Porto Alegre, segunda-feira, 18 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 18 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Grêmio

Notícia da edição impressa de 18/05/2020. Alterada em 17/05 às 21h09min

Campeonato Gaúcho será "laboratório" para o Brasil, diz Bolzan

Presidente gremista acha que cenário exige muita responsabilidade

Presidente gremista acha que cenário exige muita responsabilidade


LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/JC
Mais do que simples cumprimento de tabela, o Campeonato Gaúcho deve ajudar a estabelecer parâmetros para o "futebol seguro" em todo o País. A avaliação é do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., em entrevista ao canal do clube no YouTube. No momento, a previsão de clubes e Federação Gaúcha de Futebol é recomeçar o Gauchão na segunda metade de julho, sempre dependendo do aval das autoridades até lá.
Mais do que simples cumprimento de tabela, o Campeonato Gaúcho deve ajudar a estabelecer parâmetros para o "futebol seguro" em todo o País. A avaliação é do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., em entrevista ao canal do clube no YouTube. No momento, a previsão de clubes e Federação Gaúcha de Futebol é recomeçar o Gauchão na segunda metade de julho, sempre dependendo do aval das autoridades até lá.
"O Gauchão talvez seja o laboratório de todos os regionais, porque está muito mais adiantado. Pela primeira vez no País, se farão os jogos com monitoramento. Acho que temos uma situação bastante importante, de muita responsabilidade", disse Bolzan. Entre as situações que serão postas à prova no Estado está a possibilidade de disputar os jogos em um número reduzido de praças, na medida em que as autoridades sanitárias impeçam jogos em determinadas cidades.
Por enquanto, o Tricolor segue realizando treinamentos em esquema especial. Ao todo, são seis grupos: três realizaram atividades de resistência anaeróbica na sexta-feira, com os demais indo ao CT Presidente Luiz Carvalho no sábado. Ontem, todos tiveram folga. A retomada dos trabalhos de recondicionamento físico acontece hoje.
Comentários