Porto Alegre, quarta-feira, 13 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 13 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

Notícia da edição impressa de 13/05/2020. Alterada em 12/05 às 20h41min

FGF propõe retomada do Gauchão em julho

Primeiro jogo na volta da competição será um clássico Grenal

Primeiro jogo na volta da competição será um clássico Grenal


/SILVIO AVILA/AFP/JC
Após duas horas reunidos em uma videoconferência na tarde desta terça-feira (12), a diretoria da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e os representantes dos 12 clubes que participam do Gauchão chegaram a uma conclusão. Ambas as partes reiteraram a intenção em terminar o torneio dentro de campo, prevendo o reinício dos jogos para o mês de julho e o não rebaixamento de nenhuma equipe neste ano.
Após duas horas reunidos em uma videoconferência na tarde desta terça-feira (12), a diretoria da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e os representantes dos 12 clubes que participam do Gauchão chegaram a uma conclusão. Ambas as partes reiteraram a intenção em terminar o torneio dentro de campo, prevendo o reinício dos jogos para o mês de julho e o não rebaixamento de nenhuma equipe neste ano.
Diante da sinalização positiva dos presidentes, a FGF apresentou uma proposição para apreciação sobre o reinício do campeonato. Entre as resoluções sugeridas, a definição do período-base para retomada entre o fim de julho e o início de agosto, contratações livres - salvo casos de atletas que já atuaram na edição deste ano do estadual - e, excepcionalmente, nenhuma equipe seria rebaixada ao término da competição. Com isso, em 2021, o número de descensos para a Divisão de Acesso seria de quatro equipes.
Onze clubes deliberaram a respeito da proposição, no entanto, o Brasil de Pelotas precisou se ausentar. Curiosamente, a bateria do celular do presidente Ricardo Fonseca acabou no meio da reunião remota. Com isso, a conclusão do encontro ficou marcada para as 14h desta quarta-feira (13). A tendência é de que haja a aprovação. O próximo passo será o encaminhamento do documento aos órgãos responsáveis para homologação.
A FGF esclarece que qualquer alteração tem que ser validada por unanimidade dos participantes e ser referendada pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul, Ministério Público e Secretaria Nacional de Esportes.
A retomada da competição seguirá todos os protocolos estabelecidos no Decreto 55.240, publicado no Diário Oficial do Estado de domingo (10). Nele, o distanciamento controlado apresentado pelo governador Eduardo Leite divide o Rio Grande do Sul em 20 regiões, e cada uma delas recebe uma classificação com bandeiras com cores - preta, vermelha, laranja, amarela e verde -, representando o cenário atual. Caso sejam confirmadas as expectativas de clubes e federação, o primeiro jogo no retorno da competição será um clássico Grenal, pela 4ª rodada do segundo turno.
Comentários