Porto Alegre, quinta-feira, 19 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 19/03/2020. Alterada em 19/03 às 03h00min

Possibilidade de prorrogar a competição não é novidade

A história do futebol brasileiro mostra que vários campeonatos começaram em um ano e, por diversos motivos, terminaram em outro. O mesmo pode acontecer em 2020 com o Campeonato Brasileiro por causa da pandemia do coronavírus, que já afetou o calendário do futebol nacional.
A história do futebol brasileiro mostra que vários campeonatos começaram em um ano e, por diversos motivos, terminaram em outro. O mesmo pode acontecer em 2020 com o Campeonato Brasileiro por causa da pandemia do coronavírus, que já afetou o calendário do futebol nacional.
Com início em outubro de 1977, o Campeonato Brasileiro, então com 62 clubes, foi "empurrado" até março de 1978 e teve o São Paulo como campeão, ao bater o Atlético-MG, no Mineirão, na disputa de penalidades.
Em 1986, mais uma vez por causa da disputa da Copa do Mundo, desta vez no México, o Brasileiro só foi terminar no ano seguinte e premiou o talento dos "Menudos do Morumbi", time do São Paulo formado por Careca, Müller, Pita e Sidney, diante do poderoso Guarani de Evair, Ricardo Rocha e João Paulo.
Em 1987, foi criada a Copa União, competição que reuniu os 16 maiores clubes do País em um Módulo Verde e cujo vencedor (Flamengo) enfrentaria o ganhador do Módulo Amarelo (Sport). Os cariocas, com Zico, Bebeto e Renato Gaúcho, se recusaram a disputar a partida prevista para 1988 e o jogo jamais ocorreu.