Porto Alegre, quarta-feira, 18 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Esportes

Notícia da edição impressa de 18/03/2020. Alterada em 17/03 às 20h52min

Notas Esportivas

  • Libertadores - O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, confirmou que a entidade pretende retomar a competição no dia 6 de maio. Entretanto, a data pode ser alterada de acordo com a evolução do coronavírus no continente. O torneio está suspenso desde o dia 12 de março.
  • Fifa - Em um comunicado, o presidente Gianni Infantino anunciou a doação de US$ 10 milhões para o fundo solidário da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a Covid-19 e vai avaliar a possibilidade de estabelecer um fundo de assistência global para o futebol de forma a ajudar profissionais afetados pela crise.
  • Corinthians - Os exames realizados pelo meia-atacante Pedrinho deram negativo para o coronavírus. Já o atacante Luan, que apresentou sintomas da doença após o empate por 1 a 1 com o Ituano, teve uma melhora clínica nas últimas 24 horas. Ele não deve fazer exames e segue em isolamento.
  • Tóquio 2020 - Com praticamente todas as competições esportivas do mundo paradas, o Comitê Olímpico Internacional divulgou um comunicado ontem afirmando que está mantida a programação original dos Jogos no Japão, cuja cerimônia de abertura está marcada para 24 de julho.
  • Tênis - A organização do torneio de Roland Garros, um dos quatro mais importantes da modalidade, anunciou ontem que mudará de data por causa da pandemia de coronavírus. A competição realizada em Paris, na França, sairá do fim de maio para ser disputada de 20 de setembro a 4 de outubro.
  • Futebol americano - Após seis títulos do Super Bowl, três prêmios de MVP (melhor jogador da temporada) e 20 anos na mesma equipe, Tom Brady não é mais atleta do New England Patriots. Aos 42 anos, o quarterback postou uma carta em suas redes sociais se despedindo da equipe e pondo fim à era mais vitoriosa da história do esporte.