Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Edição impressa de 29/01/2020. Alterada em 28/01 às 20h57min

Thiago Neves e Diego Souza prometem empenho dentro de campo

Meia aposta em recuperação após um 2019 turbulento no Cruzeiro

Meia aposta em recuperação após um 2019 turbulento no Cruzeiro


LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/Divulgação/JC/
A terça-feira foi de apresentações nos lados do Grêmio. A direção cedeu aos desejos do técnico Renato Portaluppi e o meia Thiago Neves e o meia-atacante Diego Souza receberam a camisa tricolor das mãos do presidente Romildo Bolzan Júnior. Aos 34 anos, ambos prometeram responder em campo.
A terça-feira foi de apresentações nos lados do Grêmio. A direção cedeu aos desejos do técnico Renato Portaluppi e o meia Thiago Neves e o meia-atacante Diego Souza receberam a camisa tricolor das mãos do presidente Romildo Bolzan Júnior. Aos 34 anos, ambos prometeram responder em campo.
O primeiro foi Thiago Neves. Acompanhado pelos dois filhos, ele recebeu a camisa 10 e foi chamado de craque por Bolzan. "Espero corresponder dentro de campo a confiança que todos no Grêmio depositaram em mim. O ano de 2019 marcou muito, não por causa da tragédia com o Cruzeiro, mas porque foi um ano muito ruim. Venho confiante, querendo jogar", disse o meia.
Thiago falou sobre a relação com Renato. "O treinador, quando conhece o jogador, sabe o que está falando. Óbvio que, quando o treinador liga e escuta que o jogador quer jogar, faz diferença. Ele está depositando confiança em mim e espero fazer o que fiz de melhor com ele no Fluminense", afirmou. "Este ano quero que seja de poucas palavras e muito futebol", completou.
Pouco depois, foi a vez de Diego Souza. Ele recebeu a camisa 29 e se disse empolgado pela oportunidade de voltar ao Grêmio depois de 13 anos. Em 2007, o jogador foi um dos destaques na campanha do vice-campeonato na Libertadores. "Tive uma passagem muito boa aqui. Depois de um certo tempo, volto com a mesma motivação, com sentimento maravilhoso de poder ajudar da melhor maneira possível. Estou ansioso mais do que nunca para vestir essa camisa e mostrar meu valor", prometeu.
LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Apesar do desempenho ruim no final de sua passagem pelo São Paulo e não ter renovado com o Botafogo, o atacante reforça que está motivado para iniciar o trabalho no Grêmio. "Falar de idade não importa. Importa o que você vai produzir, o que está pensando, como vem com a cabeça para vestir essa camisa. Particularmente, eu venho muito feliz, estou radiante com a oportunidade."
Amanhã, o Tricolor recebe o São José, às 21h30min, pela 3ª rodada do Gauchão. Renato deve manter os titulares em campo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia