Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de janeiro de 2020.
Dia Nacional do Aposentado.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

Edição impressa de 24/01/2020. Alterada em 24/01 às 03h00min

Titulares podem aparecer contra o Pelotas, no Beira-Rio

Para dar um melhor ritmo de jogo ao grupo do Inter, a tendência é de que o técnico Eduardo Coudet mande a campo, neste domingo, às 19h, contra o Pelotas, no Beira-Rio, uma formação mais próxima daquela que considera titular. A estreia do treinador argentino diante do torcedor pode colocar em campo nomes como Edenilson, D'Alessandro e Paolo Guerrero. Para a partida com o Áureo-cerúleo, o elenco ainda treina nesta sexta-feira e no sábado, antes do confronto pela 2ª rodada do Gauchão.
Para dar um melhor ritmo de jogo ao grupo do Inter, a tendência é de que o técnico Eduardo Coudet mande a campo, neste domingo, às 19h, contra o Pelotas, no Beira-Rio, uma formação mais próxima daquela que considera titular. A estreia do treinador argentino diante do torcedor pode colocar em campo nomes como Edenilson, D'Alessandro e Paolo Guerrero. Para a partida com o Áureo-cerúleo, o elenco ainda treina nesta sexta-feira e no sábado, antes do confronto pela 2ª rodada do Gauchão.
O mistério feito por Coudet ao longo de toda pré-temporada, aos poucos vai sendo desvendado. A ideia é que a equipe esteja mais perto do ideal quando o Colorado enfrentar a Universidad de Chile, em Santiago, pela partida de ida da segunda fase da pré-Libertadores, no próximo dia 4 de fevereiro.
O executivo de futebol, Rodrigo Caetano, falou sobre a estratégia traçada pela comissão técnica. "Ainda é cedo para avaliar, são conceitos que o Coudet utiliza nos treinos. O que temos visto, tem nos dado esperança de traduzir o que é feito para os jogos", disse.
A chegada de novos jogadores é tratada, discretamente, nos bastidores do departamento de futebol. "Não vamos trabalhar com prazo, volto a dizer e sempre vou ser reto nisso: não estamos em condições de definir quando fechar o elenco", ponderou. "Precisamos aumentar as opções para o Coudet em relação ao ataque. É melhor já ter um em alto nível, que é o Guerrero. A busca por outro talvez seja nosso desafio", acrescentou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia