Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

23/01/2020 - 18h54min. Alterada em 23/01 às 18h54min

Inter é o primeiro semifinalista após vencer Cruzeiro-RS nos pênaltis

O Internacional garantiu na tarde de quinta-feira (23) a primeira vaga de semifinalista da 32ª Copa Santiago de Futebol Juvenil. A equipe gaúcha venceu o Cruzeiro-RS, time da casa, na cobrança de pênaltis, pelo placar de 4 a 3, em jogo disputado no estádio Alceu Carvalho. O adversário do Colorado sairá logo mais, do último duelo das quartas de final, entre Palmeiras e Figueirense, às 21h, partida que terá transmissão ao vivo pela TV Brasil.
O Internacional garantiu na tarde de quinta-feira (23) a primeira vaga de semifinalista da 32ª Copa Santiago de Futebol Juvenil. A equipe gaúcha venceu o Cruzeiro-RS, time da casa, na cobrança de pênaltis, pelo placar de 4 a 3, em jogo disputado no estádio Alceu Carvalho. O adversário do Colorado sairá logo mais, do último duelo das quartas de final, entre Palmeiras e Figueirense, às 21h, partida que terá transmissão ao vivo pela TV Brasil.
O Inter, maior vencedor do torneio com 14 títulos, volta a campo amanhã (24), às 19h, para brigar por uma vaga na grande final, que acontece domingo (26).
A base do Internacional vive mesmo um momento especial: neste sábado (25), o Inter disputa com o Grêmio o título da Taça São Paulo de Futebol Júnior.
Jogo
Com pouco mais de três minutos de jogo, Lucas Christofari quase abriu o placar para o time da casa, após uma bela cobrança de falta, mas a bola bateu travessão e saiu. Foi uma prévia de várias outras chances do Cruzeiro-RS no primeiro tempo. O travessão também salvou o Inter aos 18 minutos, quando Jonathan Piolho soltou uma bomba de fora da área.  A marcação adiantada do time da casa neutralizou o Inter por completo. Aos 27 minutos, Gabriel marcou de cabeça, mas o juiz anotou falta e anulou o gol. Já nos minutos finais Piolho arriscou de fora da área, uma bola perigosa que por muito pouco não entrou.
Após o intervalo, o Inter saiu na frente aos 11 minutos, após bela  jogada do volante Luis Rodrigo, que chutou em cima do goleiro e, no rebote, Tavares mandou para o fundo da rede. O juiz chegou a marcar o gol, mas depois de alertado pelo assistente, marcou falta do Luís Rodrigo no goleiro Alexandre dentro da área, e anulou o gol.  Placar zerado mais uma vez. Depois disso, o jogo pegou fogo, com várias oportunidades de lado a lado, mas nenhuma delas resultou em gol.  
A definição do semifinalista foi para as penalidades.  E não faltou emoção. O Cruzeiro-RS desperdiçou as duas primeiras cobranças, com Lucas Christofari e Cleberson. Já o Inter marcou três vezes consecutivas com gols de Luís Rodrigo, Thauan Lara e  Davi de Souza. O Cruzeiro-RS diminuiu com Bruno e Dudu. Quando o placar estava em 3 a 2 a favor do Inter, brilhou a estrela do goleiro Alexandre, do Cruzeiro-RS, que pegou o pênalti batido por Vinicius Tobias, enchendo de esperanças a torcida local. Em seguida, Piolho converteu mais um para o Cruzeiro-RS, igualando o placar em 3 a 3. Mas, na última cobrança, Thomas Bueno fez 4 a 3 para o Inter, sacramentando a classificação do Colorado para as semifinais da Copa Santiago.
Agência Brasil
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia