Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de janeiro de 2020.
Dia Nacional do Aposentado.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa São Paulo

Edição impressa de 24/01/2020. Alterada em 24/01 às 17h40min

Guris do Grêmio e Inter decidem título da Copa São Paulo

Gremista Elias e colorado Guilherme Pato são dois destaques dos gaúchos na competição

Gremista Elias e colorado Guilherme Pato são dois destaques dos gaúchos na competição


GUILHERME RODRIGUES/GR PRESS/RICHARD CALLIS/FOTOARENA/FOLHAPRESS/JC
A expressão "a base vem forte" vem agitando as torcidas de Grêmio e Inter. Não é para menos. Neste sábado (25), às 10h, Grêmio e Inter farão a grande final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha - maior torneio sub-20 do País. O estádio Pacaembu será o palco da decisão que receberá torcedores dos dois clubes. A presença de duas torcidas é uma exceção, já que a Federação Paulista de Futebol mantém torcidas únicas quando as finais envolvem clubes locais, desde 2016.
A expressão "a base vem forte" vem agitando as torcidas de Grêmio e Inter. Não é para menos. Neste sábado (25), às 10h, Grêmio e Inter farão a grande final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha - maior torneio sub-20 do País. O estádio Pacaembu será o palco da decisão que receberá torcedores dos dois clubes. A presença de duas torcidas é uma exceção, já que a Federação Paulista de Futebol mantém torcidas únicas quando as finais envolvem clubes locais, desde 2016.
Dentro de campo, as duas equipes trazem nomes fortes, já com passagens pelas seleções de base. Do lado tricolor, os destaques são o volante Diego Rosa, campeão mundial sub-17 pela seleção brasileira, o meia-atacante Elias, artilheiro desta edição da Copinha, com seis gols, e o atacante Rildo, camisa 11, que já anotou quatro tentos no torneio.
Do lado colorado, o principal destaque não foi formado no Celeiro de Ases. O meia Praxedes, de apenas 17 anos (completa 18 no próximo dia 8 de fevereiro), foi contratado em janeiro do ano passado, após ser dispensado pelo Fluminense. Ele é cotado para ser integrado ao elenco profissional e já está sendo observado pelo técnico Eduardo Coudet. Outro nome que vem ganhando visibilidade na Copinha é Guilherme Pato. Desde os dez anos no Inter, o atacante é veloz e intenso, características mais trabalhas por Coudet.
Responsável por eliminar o Corinthians na semifinal, o Inter volta a uma final de Copinha após 22 anos e tenta chegar ao seu quinto título. Empatado com São Paulo e Flamengo na terceira colocação entre os maiores vencedores, o time do técnico Fábio Matias só está atrás de Fluminense, com cinco taças, e do Corinthians, maior campeão, com dez títulos.
Já o Grêmio tenta a sua primeira conquista no torneio. O Tricolor chegou à decisão uma única vez, em 1991, quando perdeu para a Portuguesa, que tinha como destaque o meia-atacante Dener, morto em 1994. A final da Copa São Paulo terá transmissão do SporTV, da Rede Vida e da TV Cultura para todo o Brasil. A Globo transmitirá a partida somente para o Rio Grande do Sul.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia