Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de janeiro de 2020.
Dia Nacional do Fotógrafo.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Futebol

Edição impressa de 08/01/2020. Alterada em 08/01 às 15h12min

Mercado da Bola

Botafogo: A trajetória de Diego Souza no Fogão chegou ao fim. Em reunião realizada na segunda-feira, ficou alinhado entre as partes um acordo para a rescisão de contrato do jogador - o vínculo iria até 2021. Dessa forma, o meia está livre no mercado. O Sport demonstrou interesse em contar com ele para 2020.
Botafogo: A trajetória de Diego Souza no Fogão chegou ao fim. Em reunião realizada na segunda-feira, ficou alinhado entre as partes um acordo para a rescisão de contrato do jogador - o vínculo iria até 2021. Dessa forma, o meia está livre no mercado. O Sport demonstrou interesse em contar com ele para 2020.
Ceará: O Vozão anunciou a contratação em definitivo do zagueiro Klaus, ex-Inter. Com contrato até o fim de 2021, o atleta de 25 anos foi pouco utilizado em 2019 no Colorado, tendo atuado em apenas 12 partidas.
Coritiba: O Coxa está bem próximo de oficializar a contratação do zagueiro Rhodolfo, que estava no Flamengo. O jogador perdeu espaço no clube carioca no ano passado e pouco jogou no segundo semestre sob o comando de Jorge Jesus. Após o fim do contrato com o Rubro-Negro, o defensor está livre no mercado.
Athletico-PR: O destino do meia Marquinhos Gabriel, 29 anos, que atuou, em 2019, pelo Cruzeiro, deve ser o Furacão. O novo técnico do clube paranaense, Dorival Júnior, teria dado o aval para a chegada do atleta à Arena da Baixada.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia