Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Fórmula 1

Edição impressa de 24/12/2019. Alterada em 23/12 às 20h32min

Leclerc renova com a Ferrari até 2024

Com sete poles na temporada, piloto liderou o quesito no ano

Com sete poles na temporada, piloto liderou o quesito no ano


/ANDREJ ISAKOVIC/AFP/JC
Sensação da temporada 2019 da Fórmula 1, o piloto Charles Leclerc estendeu seu contrato com a Ferrari. De acordo com a tradicional escuderia italiana, o atleta monegasco renovou seu vínculo até 2024, após brilhar com duas vitórias e a quarta colocação geral no Mundial deste ano.
Sensação da temporada 2019 da Fórmula 1, o piloto Charles Leclerc estendeu seu contrato com a Ferrari. De acordo com a tradicional escuderia italiana, o atleta monegasco renovou seu vínculo até 2024, após brilhar com duas vitórias e a quarta colocação geral no Mundial deste ano.
"Estou muito feliz de permanecer na Ferrari. Esta última temporada, pilotando pela equipe mais ilustre da Fórmula 1, foi um ano de sonho para mim", declarou Leclerc, que tinha contrato até o fim de 2020. "Mal posso esperar para ter uma relação ainda mais profunda com o time depois deste intenso e empolgante 2019", acrescentou.
O piloto de 22 anos estreou na categoria no ano passado, defendendo as cores da Sauber (atual Alfa Romeo). Neste ano, ele recebeu a oportunidade de guiar pela Ferrari e não desperdiçou a preciosa chance. Além das duas vitórias, obteve sete pole positions, sendo imbatível neste quesito ao longo da temporada.
Por fim, ao terminar na quarta colocação geral, deixou para trás o alemão Sebastian Vettel, tetracampeão mundial, que ficou em quinto. A renovação por cinco anos, período incomum na F-1 (contratos costumam ser de até três anos), mostra que a Ferrari tornou Leclerc a grande aposta para o futuro, deixando Vettel em segundo plano. O alemão tem contrato até o fim de 2020.
Recentemente, um encontro informal entre dirigente da Ferrari e Lewis Hamilton proporcionou seguidos rumores sobre uma possível transferência do inglês para o time italiano. O atual piloto da Mercedes também tem contrato somente até o fim da próxima temporada.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia