Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

futebol

17/12/2019 - 16h45min. Alterada em 17/12 às 16h54min

Flamengo vira em cima do Al Hilal e aguarda adversário da final

Vitória por 3 a 1 colocou os rubro-negros na grande decisão

Vitória por 3 a 1 colocou os rubro-negros na grande decisão


KARIM JAAFAR / AFP/ jc
O Flamengo está garantindo na decisão do Mundial de Clubes do próximo sábado (21). Após ir para o intervalo perdendo por 1 a 0, o Flamengo voltou melhor e virou a partida com gols de Arrascaeta, Bruno Henrique e Al-Bulayhi (contra) na segunda etapa, derrotando o Al Hilal por 3 a 1 no estádio Khalifa International, no Catar.
O Flamengo está garantindo na decisão do Mundial de Clubes do próximo sábado (21). Após ir para o intervalo perdendo por 1 a 0, o Flamengo voltou melhor e virou a partida com gols de Arrascaeta, Bruno Henrique e Al-Bulayhi (contra) na segunda etapa, derrotando o Al Hilal por 3 a 1 no estádio Khalifa International, no Catar.
Agora, os comandados do técnico Jorge Jesus esperam o vencedor da outra semifinal, entre Liverpool e Monterrey, que será amanhã (18), às 14h30min, mesmo horário da decisão de sábado.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Depois de um primeiro tempo nervoso, em que os destaques da temporada como B. Henrique, Gabigol e Arrascaeta pouco apareceram, o time não conseguia exercer o tradicional jogo ofensivo e, com isso, viu os sauditas criaram boas chances de gol. Mas aos três minutos da etapa complementar, o uruguaio De Arrascaeta recebeu passe de Bruno Henrique e empatou a partida, dando a tônica do que seriam os últimos 45 minutos finais.
Pressionando e buscando o controle das ações, o Flamengo achou em Bruno Henrique o gol que daria a vaga na final do Mundial de Clubes, aos 32. Quatro minutos após a virada, o zagueiro Al-Bulayhi tratou de confirmar isso colocando a bola contra a própria rede: 3 a 1.
Caso o Liverpool também avance, será a reedição da final de 1981, quando o Flamengo goleou os ingleses por 3 a 0 e conquistou o maior título de sua história.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia