Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 03 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

Edição impressa de 03/12/2019. Alterada em 03/12 às 03h00min

Guerrero desconversa sobre saída do Inter

Camisa 9 afirmou que pertence ao clube e é muito grato ao Colorado

Camisa 9 afirmou que pertence ao clube e é muito grato ao Colorado


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Com a vitória sobre o Botafogo no sábado, o Inter ficou mais perto de uma vaga na próxima edição da Libertadores da América. A confirmação pode vir amanhã com um empate ou até uma derrota para o São Paulo, no Morumbi, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um triunfo colocará o time em boa situação para entrar direto na fase de grupos do torneio continental. Mas um assunto é motivo de preocupação no clube gaúcho: o futuro de Paolo Guerrero.
Com a vitória sobre o Botafogo no sábado, o Inter ficou mais perto de uma vaga na próxima edição da Libertadores da América. A confirmação pode vir amanhã com um empate ou até uma derrota para o São Paulo, no Morumbi, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um triunfo colocará o time em boa situação para entrar direto na fase de grupos do torneio continental. Mas um assunto é motivo de preocupação no clube gaúcho: o futuro de Paolo Guerrero.
Na Argentina se fala de uma possível proposta do Boca Juniors para a próxima temporada. Ontem, o centroavante peruano despistou sobre o tema e optou por garantir foco na luta pela vaga na Libertadores. "Estou bem focado nos últimos jogos porque temos o objetivo de obter a classificação para a Libertadores. O resultado do São Paulo melhorou as coisas para nós. O que queremos é entrar direto na Libertadores do ano que vem. Vou seguir trabalhando porque temos um jogo difícil na quarta-feira", disse Guerrero.
Sobre sua possível saída: "Não tenho nada a falar porque pertenço ao Inter. Sou muito grato ao clube. Então não tenho nada para falar", afirmou. O que Guerrero não se negou a comentar foi a volta da boa fase. O camisa 9 comemorou os quatro gols marcados nos últimos três jogos - dois contra o Fortaleza, um contra o Goiás e o da vitória sobre o Botafogo. Desde abril, são 39 partidas e 19 gols marcados.
"Eu trabalhei com o Zé Ricardo e ele me conhece muito bem. Tivemos as nossas conversas, mas meus companheiros têm me procurado mais, o que é importante para mim. Posso finalizar mais e ter mais chances de gols. Temos que melhorar mais, mas com o pouco trabalho que tivemos, vamos nos encaixando", disse.
O grupo se reapresentou na manhã de ontem e o técnico Zé Ricardo comandou um trabalho tático em campo reduzido apenas com os jogadores que não iniciaram a partida no Rio de Janeiro. Recuperado de lesão no quadril, Zeca foi a atração da atividade. Quem volta a ficar à disposição para amanhã é o meia D'Alessandro. O gringo deve voltar no lugar de Neílton.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia