Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 03h04min, 27/11/2019. Atualizada em 03h00min, 27/11/2019.

Renato indica Galhardo na direita para encarar o Athletico-PR

Eliminado na Copa do Brasil pelo Athletico-PR, o Grêmio volta a encontrar o time paranaense hoje, às 21h30min, na Arena da baixada. O duelo, pela 35ª rodada do Brasileirão, pode encaminhar a vaga direta do Tricolor para a Libertadores 2020. Já garantido no torneio, o Furacão se mantém nas primeiras colocações e briga por uma premiação maior no nacional.
Eliminado na Copa do Brasil pelo Athletico-PR, o Grêmio volta a encontrar o time paranaense hoje, às 21h30min, na Arena da baixada. O duelo, pela 35ª rodada do Brasileirão, pode encaminhar a vaga direta do Tricolor para a Libertadores 2020. Já garantido no torneio, o Furacão se mantém nas primeiras colocações e briga por uma premiação maior no nacional.
O técnico Renato Portaluppi indicou uma mudança em relação ao time que venceu o Palmeiras, domingo, em São Paulo. Ele irá preservar o veterano Léo Moura no embate em Curitiba e colocará Galhardo em campo, dando sequência ao tradicional revezamento na posição. 
No último treino antes do jogo, no palco da partida, Renato fechou a primeira parte. O que se sabe é que Maicon participou normalmente da movimentação e deve estar entre os titulares. A possível formação gremista tem Paulo Victor; Galhardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Diego Tardelli e Everton; Luciano.
O técnico interino do Athletico, Eduardo Barros, terá alguns desfalques para encarar o Grêmio. Mesmo assim, pretende manter o bom momento, já que não perdeu desde que assumiu a equipe na 31ª rodada. O Furacão deve ir a campo com Santos; Erick (Jonathan), Thiago Heleno, Léo Pereira, Márcio Azevedo; Wellington, Camacho, Lucho González; Nikão, Rony e Marcelo Cirino.
Comentários CORRIGIR TEXTO