Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 04 de outubro de 2019.
Dia do Barman e dia Mundial dos Animais.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Vôlei

04/10/2019 - 12h00min. Alterada em 04/10 às 12h00min

Brasil vence mais uma e assume liderança da Copa do Mundo de Vôlei

O Brasil segue com tudo na busca pelo terceiro título na Copa do Mundo de Vôlei Masculino, em Nagano, no Japão. Na manhã desta sexta (4), a seleção quebrou a invencibilidade do Egito: após uma batalha dura, derrotou o adversário por 3 sets a 1 (parciais de 25/19, 21/25, 25/19 e 25/22) e se isolou na liderança com nove pontos, dois à frente dos Estados Unidos (2º colocado) e três do Japão (3º). O próximo duelo dos brasileiros será neste sábado (5), contra a Rússia (6ª colocada), às 2h (horário de Brasília).
O Brasil segue com tudo na busca pelo terceiro título na Copa do Mundo de Vôlei Masculino, em Nagano, no Japão. Na manhã desta sexta (4), a seleção quebrou a invencibilidade do Egito: após uma batalha dura, derrotou o adversário por 3 sets a 1 (parciais de 25/19, 21/25, 25/19 e 25/22) e se isolou na liderança com nove pontos, dois à frente dos Estados Unidos (2º colocado) e três do Japão (3º). O próximo duelo dos brasileiros será neste sábado (5), contra a Rússia (6ª colocada), às 2h (horário de Brasília).
Na partida de hoje (4), pela terceira rodada da competição, o técnico Renan Dal Zotto não fez alterações na equipe. Entraram em quadra Bruninho, Alan, Lucarelli, Leal, Maurício Souza, e Thalles.  O jogo já começou pegado: o primeiro set foi parelho, com as duas equipes se revezando à frente do placar. Diferentemente dos jogos anteriores, o ataque oscilou muito. Mesmo assim, os brasileiros impuseram seu ritmo e abriram larga vantagem (20/13). Depois, administraram o placar até fecharem em 25 a 19.
Assim como no primeiro set, o equilíbrio deu o tom no começo da segunda parcial, mas no final, foram os egípcios que sobressaíram em quadra: fecharam na frente - 25 a 21 -, empatando o jogo. Os brasileiros voltaram para o terceiro set mais determinados: melhoraram a performance no bloqueio e no saque e fecharam na frente, por 25 a 19. Alan protagonizou o lance mais incrível do jogo: o oposto foi pego de surpresa pelo saque viagem do adversário e, mesmo não participando da recepção, conseguiu dar um passe com o pé direito, na medida para Bruninho levantar para Maurício Borges pontuar pela entrada da rede.
A disputa seguiu acirrada no quarto e último set, mas no final os brasileiros levaram a melhor: ganharam a parcial por 25 a 22, e o jogo por 3 sets a 1. O ponteiro Leal - cubano naturalizado brasileiro, foi o maior pontuador do jogo: acertou 22 bolas. O desempenho do oposto Alan também segue em alta: anotou 20 pontos.Outro destaque foi o central Lucão que marcou 14 pontos.
Agência Brasil
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia