Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 22 de julho de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

Alterada em 22/07 às 16h01min

Inter decide em casa e Grêmio fora nas semifinais da Copa do Brasil

Colorado joga ida no dia 7 de agosto, enquanto Grêmio joga dia 14; Jogos de volta serão dia 4 de setembro

Colorado joga ida no dia 7 de agosto, enquanto Grêmio joga dia 14; Jogos de volta serão dia 4 de setembro


Copa do Brasil/Twitter/Divulgação/JC
Estadão Conteúdo
Os finalistas da edição de 2019 da Copa do Brasil vão ser conhecidos na Arena da Baixada e no Beira-Rio. Nesta segunda-feira, em sorteio realizado na sede da CBF, ficou determinado que o Athlético Paranaense definirá a sua série contra o Grêmio no seu estádio, assim como o Internacional fará contra o Cruzeiro.
Os finalistas da edição de 2019 da Copa do Brasil vão ser conhecidos na Arena da Baixada e no Beira-Rio. Nesta segunda-feira, em sorteio realizado na sede da CBF, ficou determinado que o Athlético Paranaense definirá a sua série contra o Grêmio no seu estádio, assim como o Internacional fará contra o Cruzeiro.
O jogo de ida entre Cruzeiro e Inter vai ser disputado em 7 de agosto, no Mineirão. Depois, o duelo de volta, em Porto Alegre, ocorrerá em 4 de setembro - a data é a mesma do confronto de volta entre Athletico-PR e Grêmio em Curitiba. Nesse caso, porém, o confronto de ida foi agendado para o dia 14, na Arena do Grêmio, pois o time paranaense estará no Japão em 7 de agosto, quando enfrentará o Shonan Bellmare pela Copa Suruga.
A classificação à decisão renderá uma premiação milionária, pois o vice-campeão do torneio levará R$ 21 milhões, enquanto o time que faturar a taça ganhará R$ 52 milhões. Como os quatro times entraram nas oitavas de final da competição, já receberam R$ 6,7 milhões da CBF.
Maior campeão da Copa do Brasil, com seis títulos, e atual bicampeão, o Cruzeiro avançou na competição ao passar pelo Atlético Mineiro nas quartas de final. O Inter, dono de um título, passou pelo Palmeiras na disputa de pênaltis. O Grêmio, cinco vezes campeão, eliminou o Bahia. E o Athletico-PR, único dos semifinalistas que nunca faturou uma taça da Copa do Brasil, deixou para trás o Flamengo, nos pênaltis. Além disso, os quatro times ainda vivos no torneio nacional estão nas oitavas de final da Copa Libertadores.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia