Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de junho de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Edição impressa de 27/06/2019. Alterada em 27/06 às 03h00min

Com nova lesão no joelho, Michel para por tempo indeterminado

Jogador já havia feito uma intervenção do tipo em setembro de 2017

Jogador já havia feito uma intervenção do tipo em setembro de 2017


LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/JC
A parada para a Copa América foi celebrada no Grêmio como um período para recuperar jogadores lesionados. Entretanto, a quarta-feira foi de más notícias para o técnico Renato Portaluppi. O volante Michel terá de passar por uma nova artroscopia no joelho esquerdo, após sentir uma torção no treino do dia anterior.
A parada para a Copa América foi celebrada no Grêmio como um período para recuperar jogadores lesionados. Entretanto, a quarta-feira foi de más notícias para o técnico Renato Portaluppi. O volante Michel terá de passar por uma nova artroscopia no joelho esquerdo, após sentir uma torção no treino do dia anterior.
O jogador já havia feito uma intervenção do tipo em setembro de 2017. A nova cirurgia será realizada na manhã de hoje e o atleta não tem previsão de quando irá retornar aos gramados.
No campo dos negócios, o jornalista Nicolò Schira, do jornal La Gazzetta dello Sport, da Itália, afirmou que os ingleses do Manchester City irão fazer uma oferta de € 40 milhões (cerca de R$ 175 milhões) pela atacante Everton. O jornalista não especifica, porém, se essa quantia se refere apenas aos valores que seriam repassados ao Grêmio ou a totalidade da quantia a ser paga pelo clube inglês. O tricolor tem a metade dos direitos econômicos do atleta.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia