Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 26 de maio de 2019.
Nossa Senhora de Caravaggio - feriado em Caxias do Sul.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Alterada em 26/05 às 19h14min

Inter empata sem gols com o Santos na Vila

Guerrero teve uma das principais chances do jogo, mas parou no goleiro santista

Guerrero teve uma das principais chances do jogo, mas parou no goleiro santista


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Trazer um ponto da Vila Belmiro é sempre algo para se comemorar. Por outro lado, o Inter segue sem vencer fora de casa neste Campeonato Brasileiro. Neste domingo (26), o Colorado produziu, jogou bem, mas acabou empatando em 0 a 0 com o Peixe, na casa do Rei Pelé. Um dos protagonistas do duelo foi o árbitro de vídeo. O VAR anulou um gol colorado e reverteu a marcação de um pênalti santista.
Em uma das principais chegadas dos donos da casa, Marcelo Lomba salvou um chute cruzado de Rodrygo. Mesmo com menos posse de bola, o Inter levou perigo ao gol do Santos na primeira etapa. Aos 30 minutos, Guerrero acionou Guilherme Parede, que tocou para o gol. Os jogadores chegaram a comemorar, mas o VAR anulou o lance, por impedimento. Em seguida, Nico lançou Guerrero. O peruano passou por Lucas Veríssimo e, cara a cara com Vanderlei, tocou no canto direito, mas o goleiro fez uma grande defesa.
O segundo tempo foi um jogo mais equilibrado, com lances para os dois lados. O Inter quase marcou, após rebote sobrar para Nonato, mas o meia colorado bateu para fora. Quando tudo levava a crer em um empate sem gols, o juiz Rodolpho Tosky Marques marcou pênalti para os donos da casa, após choque entre Cuesta em Rodrygo. Só que o VAR acionou o árbitro e ele foi rever o lance, anulando a penalidade.
Com seis minutos de acréscimos, os times foram para cima, mas não conseguiram tirar o o zero do placar. O Inter segue em São Paulo, onde realiza um treino, hoje, para aqueles que não enfrentaram o Peixe. Em seguida, em voo freado, a delegação segue para Belém do Pará, onde enfrenta o Paysandu, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira. Na primeira partida, o Colorado venceu por 3 a 1. Pelo Brasileiro, o time gaúcho volta a campo no próximo domingo, às 19h, diante do Avaí, no Beira-Rio.
Ficha Técnica:
Santos 0
Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jorge; Diego Pituca e Jean Lucas (Kaio Jorge); Carlos Sánchez (Eduardo Sasha); Jean Mota, Soteldo (Cueva) e Rodrygo. Técnico: Jorge Sampaoli.
Inter 0
Marcelo Lomba; Bruno, Emerson, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Rithely) e Nonato; Guilherme Parede, Nico López (William Pottker) e Guerrero (Rafael Sóbis). Técnico: Odair Hellmann.
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR).
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia