Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de maio de 2019.
Dia Nacional da Defensoria Pública.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

19/05/2019 - 21h19min. Alterada em 19/05 às 21h27min

Grêmio perde para o Ceará e segue na zona de rebaixamento

Nos 20 primeiros minutos,Tricolor apenas acompanhou as movimentações dos rivais

Nos 20 primeiros minutos,Tricolor apenas acompanhou as movimentações dos rivais


Jarbas Oliveira/Grêmio FBPA/Divulgação/JC
O Brasileirão gremista está ganhando ares de tensão. Considerado um dos favoritos antes da competição começar, o Grêmio tem se mostrado desorganizado em campo, e flerta de forma cada vez mais preocupante com a zona de rebaixamento. Neste domingo, o time somou mais uma derrota, levando 2 a 1 do Ceará, em Fortaleza. Agora, soma míseros dois pontos em cinco jogos, e é penúltimo - uma posição que ninguém imaginava, antes do campeonato começar.
O início de jogo gremista foi ruim. Dominando as ações, o Ceará jogava solto, e chegou ao gol logo aos 10 minutos. Após uma linha de passes dentro da defesa tricolor, Ricardinho surgiu com liberdade para chutar rasteiro. Aos 23 minutos, Michel repetiu uma triste tendência dos últimos jogos. Em contra-ataque, Thiago Galhardo surgiu pela esquerda e cruzou. O volante, improvisado na zaga gremista, tentou afastar e fez contra, pela segunda vez neste Brasileirão: 2 a 0.
Diante do desastre iminente, o Grêmio tentou reagir. Everton cortou para o meio e chutou no canto, descontando aos 30 minutos. Mas o jogo tricolor seguia defeituoso, e o Ceará chegava forte.
Era preciso reagir. Mas demorou um pouco para o Grêmio ter volume de jogo na segunda etapa. Diogo Silva, que entrou no gol do Ceará no intervalo, salvou em cabeceio de Alisson aos 19 minutos. No desespero, Renato Portaluppi empilhou atacantes, mas quantidade não serve de nada sem organização, e os minutos se arrastaram rumo a mais um revés gremista.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia