Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

MMA

14/05/2019 - 19h18min. Alterada em 14/05 às 19h18min

'Nunca lutei tão mal na minha vida', diz José Aldo após derrota no Rio de Janeiro

Após derrota no Brasil, futuro do lutador no UFC é incerto

Após derrota no Brasil, futuro do lutador no UFC é incerto


MAURO PIMENTEL /AFP/JC
O lutador brasileiro do UFC José Aldo pediu desculpas após a derrota para o australiano Alexander Volkanovski no UFC 237, realizado na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, no sábado passado (11). O atleta usou seu perfil na rede social Instagram para comentar seu desempenho no confronto.
"Nunca lutei tão mal na minha vida. Sem desculpa nenhuma, porque não sou disso, mas sei da minha capacidade e talento e não posso fazer isso. Sem tirar os méritos do meu adversário que fez a luta dele. Fico triste comigo mesmo e transfiro tudo em mim, mesmo porque deixei acontecer e não fiz a luta que deveria fazer. Já passou e vamos pra próxima!", escreveu o lutador.
Ele aproveitou para agradecer o apoio da torcida torcida carioca que lotou a arena. "Queria agradecer a todos que estavam e torceram na arena e nas suas casas muito obrigado, agradecer a toda minha equipe."
Com o resultado, Aldo não pode voltar a disputar o cinturão do peso-pena. Até o momento, o futuro do lutador ainda é incerto na organização, já que seu contrato se encerra no final deste ano.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia