Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 10 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Fórmula 1

Edição impressa de 10/05/2019. Alterada em 10/05 às 03h00min

Bottas credita seu sucesso na temporada aos 'detalhes'

Finlândes venceu duas das quatro provas realizadas em 2019

Finlândes venceu duas das quatro provas realizadas em 2019


/LLUIS GENE/AFP/JC
Na liderança do Mundial de Pilotos de Fórmula 1, Valtteri Bottas já venceu duas das quatro corridas deste ano. Na temporada passada, mesmo contando com um carro da Mercedes, o finlandês não ganhou nenhuma prova e figurou como o autêntico fiel escudeiro de Lewis Hamilton, que faturou o pentacampeonato mundial tendo o companheiro de equipe como um coadjuvante na luta pelo título.
Agora, porém, cada um acumula dois triunfos e eles disputam palmo a palmo o topo da categoria. Ao ser questionado sobre os motivos que o fizeram evoluir de forma expressiva já no início da temporada, Bottas creditou aos "detalhes" o atual sucesso. "É claro que há muitas coisas no esporte que podem afetar os resultados - às vezes você está com mais sorte e às vezes com menos. Mas, honestamente, acho que tenho sido capaz de melhorar ano a ano porque estou trabalhando muito com a equipe, melhorando minhas habilidades, e focado nos detalhes. Se nós trabalhamos duro, é apenas uma questão de tempo até que as coisas comecem a dar certo", explicou.
Bottas ganhou as provas na Austrália e no Azerbaijão, e foi segundo colocado no Bahrein e na China, atrás de Hamilton. E a Mercedes fez história nesta sequência ao se tornar a primeira equipe da F-1 a conseguir quatro dobradinhas nas quatro primeiras corridas de uma temporada.
Um dos "detalhes" que Bottas vê como decisivos para o bom desempenho está na chegada de Riccardo Musconi, seu novo engenheiro de corrida no lugar de Tony Ross. O finlandês reconheceu que a Mercedes contou com a sorte no GP do Bahrein, no qual Charles Leclerc disparou com a sua Ferrari, mas teve problemas com o motor e acabou sendo ultrapassado por Hamilton e pelo próprio Bottas, terminado em terceiro.
Nesta sexta-feira, os carros voltam às pistas em Barcelona. A atividade que definirá o grid de largada começará às 10h de sábado, enquanto o GP da Espanha ocorre a partir das 10h10min de domingo.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia