Porto Alegre, quarta-feira, 29 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 29 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Libertadores

- Publicada em 22h33min, 07/05/2019. Atualizada em 22h33min, 07/05/2019.

Grêmio conta com Arena lotada para garantir presença nas oitavas de final

Portaluppi ressaltou que time não pode dar 'mole' novamente

Portaluppi ressaltou que time não pode dar 'mole' novamente


/LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/JC
O Grêmio tenta esquecer o início ruim no Campeonato Brasileiro, competição na qual ainda não venceu, e busca se concentrar para avançar às oitavas de final da Libertadores da América. Hoje, o Tricolor recebe o Universidad Católica, do Chile, às 19h15min, na Arena, precisando de um empate para carimbar sua passagem à próxima fase. A previsão é de que 40 mil gremistas compareçam ao estádio para apoiar a equipe.
O Grêmio tenta esquecer o início ruim no Campeonato Brasileiro, competição na qual ainda não venceu, e busca se concentrar para avançar às oitavas de final da Libertadores da América. Hoje, o Tricolor recebe o Universidad Católica, do Chile, às 19h15min, na Arena, precisando de um empate para carimbar sua passagem à próxima fase. A previsão é de que 40 mil gremistas compareçam ao estádio para apoiar a equipe.
Depois de um começo muito ruim na Libertadores - empatou na estreia e perdeu os dois jogos seguintes, um deles para os chilenos - o Grêmio renasceu ao vencer duas partidas consecutivas. Assim, chega na última rodada dependendo somente de si para se classificar à fase de mata-mata. Se confirmar a vaga nas oitavas, passará como segundo colocado do Grupo H, já que o Libertad tem 12 pontos e garantiu a primeira colocação antecipadamente. Também às 19h15min, os paraguaios encerram sua participação na primeira fase diante do lanterna Rosario Central, na Argentina.
Um dia antes do duelo pelo torneio continental, o técnico Renato Portaluppi resolveu falar à imprensa. Normalmente, ele não dá declarações antes das partidas, mas decidiu que iria se pronunciar devido aos comentários de que a derrota para o Fluminense por 5 a 4 ainda abala os jogadores. "Dar 'mole' é muito fácil de se corrigir, e eu já corrigi, hoje. Por outro lado, eu aplaudi meu grupo, porque eles deram aula de futebol no domingo. O meu time é o melhor time do Brasil e meu time joga o melhor futebol do Brasil há dois anos e meio", reforçou.
Após serem poupados no duelo com os cariocas, o goleiro Paulo Victor, o zagueiro Geromel e o lateral-direito Leonardo Gomes voltam ao time. No meio-campo, Portaluppi não terá o jovem Matheus Henrique, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Michel será o substituto. A grande indefinição está no ataque, mais precisamente na ponta direita. Sem Diego Tardelli, lesionado, o técnico gremista pode usar Alisson, Thaciano ou Montoya. Assim, a provável escalação tem Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Michel, Jean Pyerre, Alisson (Montoya ou Thaciano) e Everton. André.
Os chilenos jogam com a obrigação da vitória. Assim como o Grêmio, o Universidad Católica soma sete pontos, mas leva a pior no saldo de gols. O técnico Gustavo Quinteros tem apenas uma dúvida para o duelo: o centroavante Saéz, que voltou a ser relacionado depois de desfalcar a equipe em quatro partidas em razão de uma lesão muscular na coxa.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO