Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 14 de abril de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

fórmula 1

14/04/2019 - 10h45min. Alterada em 14/04 às 10h45min

Na China, Hamilton supera companheiro e vence GP número mil da Fórmula 1

Piloto da Mercedes ultrapassou Bottas logo na largada e, sem sustos, garantiu a vitória

Piloto da Mercedes ultrapassou Bottas logo na largada e, sem sustos, garantiu a vitória


WANG ZHAO/AFP/JC
Folhapress
 Cinco vezes campeão da Fórmula 1, o britânico Lewis Hamilton voltou a fazer história na madrugada deste domingo (14). No GP da China, o milésimo da história da categoria, o piloto da Mercedes ultrapassou seu companheiro Valtteri Bottas logo na largada e, sem sustos, garantiu a vitória na terceira corrida da temporada. Bottas, em segundo, e Sebastian Vettel, em terceiro, completaram o pódio.
Largando na segunda colocação, Hamilton, que teve problemas no carro durante o fim de semana, surpreendeu ao ultrapassar Bottas, que sobrou nos treinos, ainda na primeira curva. Logo atrás, na segunda fila, o jovem Charles Leclerc e o tetracampeão Sebastian Vettel também trocaram de lugar e travaram boa batalha em Xangai.
Com a vitória na China, Hamilton subiu no pódio da F1 em todas as três corridas da temporada. Na primeira prova do ano, Hamilton terminou na segunda colocação, já no Barein, o britânico terminou no lugar mais alto do pódio.
A Fórmula 1 volta no fim de semana do dia 28 de abril. A próxima parada é no GP do Azerbaijão, no Circuito da Cidade de Baku. A quarta corrida da categoria acontece às 09h10min (de Brasília).
Com melhor rendimento nos testes da pré-temporada, a Ferrari chegou para o fim de semana na China com a expectativa de superar a Mercedes. No entanto, com os carros na pista em Xangai, a escuderia italiana apresentou rendimento abaixo do rival, e viu Hamilton e Bottas sobrarem na pista. Além da velocidade, as estratégias de Mercedes e Ferrari também destoaram neste domingo. Enquanto a Mercedes optou por realizar uma parada dupla com Hamilton e Bottas indo para os boxes ao mesmo tempo, a Ferrari se atrapalhou nas paradas de Leclerc, e fez com que o jovem piloto perdesse força na briga pelo pódio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia