Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Edição impressa de 14/02/2019. Alterada em 13/02 às 01h00min

Reforço de peso para o melhor ataque do Brasil

Jogador chega com status de maior contratação do clube no ano

Jogador chega com status de maior contratação do clube no ano


/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC

O começo de temporada para o ataque gremista é melhor do que o mais eufórico torcedor poderia imaginar: são 21 gols marcados em seis jogos oficiais - média de 3,5 gols por partida, o melhor ataque do futebol brasileiro no ano. E, o que já era muito bom, tende a ficar ainda melhor. Desembarcou ontem em Porto Alegre o principal reforço do clube para a temporada, o atacante Diego Tardelli.

Depois de alguns dias de tratativas, a negociação avançou na terça-feira e o Tricolor anunciou oficialmente a contratação à noite, por meio de suas redes sociais. O jogador de 33 anos chegou na Capital no começo da tarde e foi recepcionado por uma grande quantidade de torcedores no aeroporto Salgado Filho.

Após os exames físicos, o atacante correu em torno do gramado no CT Luiz Carvalho e foi apresentado oficialmente. "Espero corresponder todo esse esforço que fizeram para me trazer. Estou feliz em voltar para o Brasil e começar um novo ciclo aqui. Vim para a equipe certa, uma equipe montada, que briga por títulos todo ano. Como sou um cara vencedor, acho que fiz a escolha certa", disse o jogador.

Ainda que não se tenha certeza a respeito de como o técnico Renato Portaluppi irá montar a equipe do meio para a frente, a expectativa é de que Tardelli se some a Luan, Everton e Felipe Vizeu para formar um ataque de respeito.

Sobre onde pode jogar no time do Grêmio, Tardelli deixou a questão nas mãos do treinador. "Tenho facilidade em jogar pelos lados. Na China, estava jogando como meia. Aqui, agora é com o Renato onde ele irá me encaixar. Vou brigar pela posição respeitando todos os jogadores ali da frente, que têm muita qualidade", ressaltou.

O papel de Portaluppi no processo de negociação foi destacado pelo atacante, que salientou a insistência do treinador em sua contratação. "(O que motivou a vinda para o clube foi) o interesse dele, a persistência. Ligando, mandando mensagem toda hora. Aquele jeito dele. Foi boa a conversa. De todos os clubes que tiveram interesse, sondagens, o Grêmio, e principalmente o Renato, foi o que mais me convenceu, me quis aqui."

Experiente, Tardelli iniciou a carreira profissional no São Paulo, em 2003. No Brasil, o atacante ainda passou por São Caetano, Flamengo e Atlético-MG. No exterior, atuou no Betis, da Espanha, no PSV Eindhoven, da Holanda, no Anzhi Makhachkala, da Rússia, e no Al-Gharafa, do Catar, além do futebol chinês, onde esteve nas últimas cinco temporadas. Em 2018, o atacante marcou 20 gols em 28 jogos.

Entre os títulos conquistados em sua carreira estão o Mundial de Clubes da Fifa (2005, pelo São Paulo), duas Copa Libertadores (2005, pelo São Paulo, e 2013, pelo Atlético-MG), uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana (ambas em 2014, pelo Atlético-MG).

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia