Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 05 de fevereiro de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

Edição impressa de 06/02/2019. Alterada em 05/02 às 01h00min

'Temos que conter a ansiedade de Paolo Guerrero'

Peruano realizou uma corrida leve ao redor do gramado ontem

Peruano realizou uma corrida leve ao redor do gramado ontem


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC

O primeiro dia de Paolo Guerrero de volta ao Inter foi marcado por testes físicos. Ontem, o atacante peruano foi para o campo do CT Parque Gigante na atividade da tarde e começou o processo de retorno ao futebol.

O prazo para realização de testes, comuns aos atletas que iniciam temporada, é amanhã. Apenas depois de todos os resultados é que o preparador físico Cristiano Nunes vai estipular uma bateria de exercícios ao atacante de 35 anos.

Guerrero era só alegria. Entre sorrisos e conversas breves com companheiros, correu ao redor do gramado enquanto os demais jogadores participavam de atividade técnica e tática. O diretor executivo do Inter, Rodrigo Caetano, concedeu uma entrevista coletiva para explicar como foram os primeiros passos de Guerrero com os companheiros de Inter.

"Hoje pela manhã, fui um dos primeiros a recebê-lo aqui. Uma das frases que ele repetiu era: 'tem certeza que não dá para eu jogar já?'. Isso demonstra que ele está ansioso e com vontade", contou Caetano. "Temos que conter a ansiedade do Guerrero", acrescentou. Ele poderá voltar a jogar apenas no dia 5 de abril, quando acaba a suspensão por doping.

Sobre as condições de o peruano retornar aos gramados, Caetano foi incisivo. "Ele pode ser inscrito na Libertadores e no Estadual, sim. A partir de agora, é um atleta como os demais, a questão é que só poderá atuar daqui a 60 dias. Hoje, ele iniciou a sua pré-temporada. A questão é que a dele vai ser mais longa", explicou.

Na atividade de ontem, na reapresentação após a vitória sobre o Brasil de Pelotas, as outras novidades foram Wellington Silva e William Pottker. Ambos estiveram no campo durante o treino e podem ser relacionados para o jogo de domingo contra o Juventude, em Caxias do Sul. Ramon e Emerson Santos, que se recuperam de lesão, estiveram sob cuidados do coordenador de preparação física Élio Carravetta.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia