Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 15 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Alterada em 15/01 às 13h33min

Apresentado no Grêmio, Vizeu promete trabalho: 'Cheguei agora e respeito todos'

Centroavante foi apresentado no clube nesta terça-feira

Centroavante foi apresentado no clube nesta terça-feira


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Estadão Conteúdo
A poucos do início da temporada, o Grêmio apresentou nesta terça-feira (15) o seu quarto reforço. Após mais um treinamento de pré-temporada no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, o centroavante Felipe Vizeu vestiu a camisa tricolor pela primeira vez e ressaltou em sua primeira entrevista coletiva que vai trabalhar bastante para obter um lugar entre os titulares do técnico Renato Gaúcho.
"Cheguei agora e respeito todos. O 9 é o Jael. Independente do número, o importante é vestir a camisa do Grêmio. Você tem que estar preparado. Vim para fazer muitos gols e ganhar títulos", disse Vizeu. "O desejo é ser artilheiro, mas o fundamental é ser campeão. Estou aqui para ajudar e, se Deus quiser, teremos muito sucesso e títulos".
A concorrência para Felipe Vizeu será grande no Grêmio. Ele é agora o terceiro centroavante no elenco para 2019. "Temos ainda o Jael e o André. Estou para somar e buscarei ajudar. O fundamental é fazer os gols, mas não só isso. Temos que ajudar. São três centroavantes e todos querem jogar. Todos precisam estar prontos", afirmou.
Revelado pelo Flamengo, Vizeu disputou 75 partidas pelo clube carioca, com 20 gols marcados. No ano passado, foi vendido à Udinese por R$ 19 milhões. No time italiano, disputou apenas cinco jogos, sem balançar as redes. "Quando o jovem chega à Europa, tem a adaptação. Só joguei contra os grandes, mas quando apareceu o Grêmio, bati na tecla para vir", revelou.
Com a negociação, o atacante disse que parou de treinar por pouco tempo e, assim, logo estará à disposição. "Tenho conversado com o pessoal. O Rogerinho (preparador físico) fala muito comigo. Ontem (segunda-feira) fiz um trabalho com bola, hoje (terça) com o grupo. Parei só 10 dias. Quando eles acharem que eu estiver pronto, estará ótimo", completou.
Antes de Vizeu, o Grêmio acertou com o goleiro Julio Cesar (Fluminense), o volante Romulo (Flamengo) e o meio-campista argentino Walter Montoya (Cruz Azul, do México).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia