Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

Edição impressa de 12/12/2018. Alterada em 12/12 às 01h00min

Leandro Damião não fica para 2019

Com vínculo se encerrando no fim do ano, camisa 9 deve ir para o Japão

Com vínculo se encerrando no fim do ano, camisa 9 deve ir para o Japão


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC

O Inter não terá Leandro Damião para a temporada 2019. O clube gaúcho informou ontem que encerrou as negociações para tentar renovar o contrato porque o atacante recebeu uma "oferta irrecusável do exterior". O vínculo do centroavante com o clube se encerra no fim do ano.

"A direção agradece toda dedicação e profissionalismo do jogador nas suas passagens pelo Inter e deseja sucesso no novo desafio", anunciou o clube, que estava confiante na renovação do contrato do atleta até poucos dias atrás. O provável destino de Damião é o futebol japonês.

Com a decisão, o centroavante encerra sua segunda passagem pelo clube gaúcho, pelo qual se destacou no futebol nacional. Ele voltou ao time no meio de 2017 para a disputa da Série B do Brasileirão. Na campanha do acesso, foi responsável por oito gols em 17 partidas. Neste ano, apesar de alguns problemas físicos, alcançou a vice-artilharia na temporada, com 11 gols em 32 jogos.

Pelas redes sociais, o jogador garantiu que a diretoria se esforçou para mantê-lo no clube. "Não faltou esforço por parte da atual gestão para que pudéssemos estar juntos em 2019, ano que certamente será de novas glórias ao Colorado. Mas, na minha vida, jamais fugi de novos desafios, novos horizontes... e não foi diferente neste momento", disse Damião.

O camisa 9 ainda se despediu dos torcedores. "É momento novamente de me despedir de vocês. Posso dizer que faço parte do Celeiro de Ases do clube. Iniciei no Inter em 2009. Veio 2010, 2011, 2012, 2013, com muitas alegrias e glórias! Em 2014 busquei novas metas, algumas com sucesso, outras nem tanto, como é a vida. Me fortaleci", afirmou.

Damião recordou também que a sua segunda passagem pelo Colorado teve como objetivo tirar o clube da Série B, o seu pior momento. No encerramento, o camisa 9 reforçou que deixa o Inter como um dos 10 maiores artilheiros da história do clube. Para 2019, o técnico Odair Hellmann contará com Jonatan Alvez e Paolo Guerrero, que só poderá voltar a jogar em abril, após cumprir a suspensão por doping. Com isso, a diretoria vai ao mercado buscar reforços.

Já o atacante Luiz Adriano, sondado pelo departamento de futebol, apareceu em um vídeo publicado pelo Spartak Moscow, dizendo que não foi procurado pelo Inter e que seguirá na Rússia.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia