Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 03/12 às 22h34min

Inter e Grêmio têm jogadores destaques na temporada 2018 do Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo
Campeão brasileiro, o Palmeiras também teve o melhor jogador da competição. Nesta segunda-feira, em evento realizado no Rio, o atacante Dudu foi eleito o melhor jogador do torneio, recebendo a principal honraria do Prêmio Brasileirão 2018.
Dudu também foi eleito um dos melhores atacantes do torneio, mas acabou sendo superado em uma disputa definida pelo voto popular, o Craque da Galera, em que o escolhido pelos torcedores através da internet foi o volante Cuéllar, do Flamengo.
O ótimo desempenho que rendeu ao Palmeiras o título do Brasileirão também levou o clube a conquistar outras premiações individuais. Foi o caso de Luiz Felipe Scolari, escolhido o melhor treinador do torneio. E o lateral-direito Mayke e o meio-campista Bruno Henrique também foram eleitos para a seleção ideal da competição em suas respectivas posições.
Assim como o Palmeiras, o Internacional, que terminou o Brasileirão em terceiro lugar, também teve três jogadores escolhidos para a seleção do torneio: o goleiro Marcelo Lomba, o zagueiro Victor Cuesta e o volante Rodrigo Dourado.
Vice-campeão nacional, o Flamengo, além do prêmio popular para Cuéllar, teve dois jogadores lembrados para o time ideal: o lateral-esquerdo René e o meia Lucas Paquetá, que se despediu do clube no fim de semana e vai se transferir para o Milan.
Pedro Geromel (Grêmio), Arrascaeta (Cruzeiro) e Gabriel também compuseram o time ideal, sendo que o atacante do Santos também foi lembrado por ter sido o artilheiro do Brasileirão, com 18 gols. Ele não ficará no Santos para 2019, pois retornará para a Inter de Milão, que o havia emprestado ao clube da Vila Belmiro.
Assim teve a seguinte escalação: Marcelo Lomba (Internacional), Mayke (Palmeiras), Pedro Geromel (Grêmio), Víctor Cuesta (Internacional) e Renê (Flamengo); Rodrigo Dourado (Internacional), Bruno Henrique (Palmeiras), Lucas Paquetá (Flamengo) e Arrascaeta (Cruzeiro); Dudu (Palmeiras) e Gabriel (Santos).
A CBF também premiou o atacante Pedro, do Fluminense, como revelação do torneio. Raphael Claus foi eleito o melhor árbitro, sendo que os auxiliares Kleber Lucio Gil e Danilo Manis também foram reconhecidos pelo trabalho no Brasileirão. Já o primeiro gol de Everton Ribeiro na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, foi eleito o mais bonito do torneio.
O Corinthians recebeu o prêmio de fair-play do Brasileirão. A CBF também fez homenagem a Nicholas, torcedor palmeirense deficiente visual, que vai aos jogos do time ao lado da mãe Silvia.
A CBF também premiou os melhores do Brasileirão Feminino, vencido pelo Corinthians, sendo que a meia Adriana Leal, do clube do Parque São Jorge, foi escolhida a melhor jogadora do torneio.
A seleção do campeonato teve: Bárbara (Kindermann); Maurine (Santos), Thaila (Santos), Antonia (Audax) e Yasmin (Corinthians); Brena (Santos), Djennifer (Iranduba), Gabi Zanotti (Corinthians) e Adriana Leal (Corinthians); Dani Helena (Flamengo) e Lelê (Rio Preto).
Arthur Elias (Corinthians) foi escolhido o melhor treinador. E o prêmio fair-play ficou com o Sport. Além disso, Marta foi homenageada e recebeu um troféu das mãos de sua mãe.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia