Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 26 de outubro de 2018.
Dia do Trabalhador da Construção Civil. Dia da Democracia.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

série b

26/10/2018 - 23h02min. Alterada em 26/10 às 23h16min

Juventude derrota Sampaio Corrêa em duelo de seis pontos na Série B

Juventude vence e ainda sonha com saída do Z4

Juventude vence e ainda sonha com saída do Z4


JUVENTUDE/DIVULGAÇÃO/JC
Estadão Conteúdo
Depois de quatro jogos, o Juventude voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, em Caxias do Sul, superou o Sampaio Corrêa por 1 a 0, no estádio Alfredo Jaconi, pela 33ª rodada. Mesmo com o resultado positivo, o time gaúcho segue na zona de rebaixamento, com 35 pontos, em 17º lugar, três na frente do time do Maranhão, com 32 pontos, em 18º.
Este foi aquele típico jogo de seis pontos. Os dois times buscavam a reabilitação. O Juventude tinha perdido em casa para o Vila Nova, por 1 a 0, e o Sampaio, para o Londrina, pelo placar de 2 a 1, em Maranhão.
O primeiro tempo foi bastante amarrado, principalmente porque o gramado estava pesado devido à chuva. A rigor, o Juventude só teve uma chance, quando Lucas apareceu na área pelo lado esquerdo e chutou, mas o goleiro Andrey cobriu o ângulo e espalmou para escanteio.
No começo do segundo tempo, saiu o esperado gol do time da casa. Hugo Sanches cobrou falta pelo lado esquerdo do ataque em curva. A bola passou pela linha de zagueiros e quicou em cima de uma poça d'água, dificultando a defesa do goleiro Andrey. Ele ainda viu a bola bater em seu corpo, antes de entrar.
Não houve outra alternativa ao técnico Marcinho Guerreiro do que promover mudanças e colocar o Sampaio mais na frente. Mas nem as entradas de Jocinei, Jheimy e Esquerdinha deixaram o time mais eficiente no ataque. O Juventude se armou na defesa para explorar os contra-ataques. Quase conseguiu aos 27 minutos, num chute cruzado de Hugo Sanches.
Mas foi num contra-ataque que o Sampaio quase empatou aos 37 minutos. Fernando Cabral puxou o lance e deu o passe para Matheusinho pelo lado esquerdo. Ele bateu forte, porém, para fora. Dois minutos depois, após levantamento de falta, o goleiro Douglas Silva rebateu e Julinho, sozinho de cabeça, mandou para fora.
Nos acréscimos, até o goleiro Andrey tentou o cabeceio na área, mas Jucinei não foi bem na cobrança de falta que caiu nos braços de Douglas Silva. A comemoração ao final do jogo foi bastante intensa, até curioso, afinal o Juventude apenas luta para não cair à Série C.
Na 34ª rodada, o Juventude vai enfrentar o Brasil de Pelotas, em duelo gaúcho, marcado de novo para a cidade de Caxias, quinta-feira, dia 1.º de novembro, às 21h30. O Sampaio Corrêa vai recebe em São Luís (MA) o CSA no dia 2, também a partir das 21h30.
Juventude 1 x 0 Sampaio Corrêa
  Douglas Silva; Felipe Mattioni, Micael, Rafael Bonfim e Bertotto; Rodrigo, Lucas, Caio Rangel (Gabriel Valentini), Denner (Tony) e Hugo Sanches; Elias (Douglas Kemmer). Técnico: Luis Carlos Winck.
Andrey; Bruno Moura, Joécio, Odair Lucas e Julinho; Adilson Goiano, Diego Silva (Jocinei), Fernando Sobral, Danielzinho (Esquerdinha) e Matheuzinho; Uilliam Barros (Jheimy). Técnica: Marcinho Guerreiro.
Árbitro: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia