Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de outubro de 2018.
Dia Internacional do Combate à Obesidade.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

notas

Edição impressa de 11/10/2018. Alterada em 11/10 às 01h00min

Notas

Série B - Dando sequência a 31ª rodada, nesta sexta-feira, tem Juventude x Goiás (19h15min), Atlético-GO x Sampaio Corrêa (20h30min) e CSA x Ponte Preta (21h30min). No sábado, jogam Vila Nova-GO x Boa Esporte, Oeste x Fortaleza e Guarani x Avaí (16h30min), Figueirense x Coritiba (19h) e Londrina x São Bento (21h).
Árbitro de vídeo - A dez rodadas do fim do Brasileirão, a competição pode contar com a tecnologia, a informação foi dada pelo coordenador do sistema de VAR no Brasil, Manoel Serapião Filho.
Lucas Paquetá - O meia do Flamengo foi aprovado nos exames médicos realizados nesta quarta-feira, e restam apenas questões burocráticas para que assine um contrato de cinco anos com o Milan. O valor da transação seria de € 35 milhões (R$ 150 milhões).
Vôlei - A seleção feminina de vôlei manteve sua expectativa de conquistar o inédito título do Mundial ao derrotar a Holanda, nesta quarta-feira, por 3 sets a 2 (23/25, 25/18, 25/27, 25/19 e 15/7), em Nagoya, no Japão. Agora, as brasileiras terão pela frente as donas da casa, nesta quinta-feira, às 7h20min, na disputa por uma vaga nas semifinais.
Usain Bolt - O futuro do jamaicano no futebol pode ser decidido nesta sexta-feira, quando seu time, o Central Coast Mariners, fará um amistoso com o Macarthur South West United, como preparação para o início da liga australiana.
Automobilismo - A falta de mulheres disputando a Fórmula 1 pode estar com os dias contados. A partir de 2019, será criada uma categoria 100% feminina: a W Series. A iniciativa foi apresentada na Inglaterra, e tem uma mulher à frente: Catherine Bond Muir, a CEO que correrá com chassis homologados para a Fórmula 3.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia